A Pfizer é eficaz a longo prazo em adolescentes, diz estudo

Dados mostraram forte proteção a grupo de doze a quinze anos de idade em adolescentes.

Em 22/11/2021 Referência CCNEWS, Redação Multimídia

Foto: © Geovana Albuquerque/Agência Saúde DF

Os dados de longo prazo apoiarão as submissões programadas para a aprovação regulatória total da vacina para essa faixa etária nos Estados Unidos e em todo o mundo.

A Pfizer disse nesta segunda-feira que sua vacina contra a Covid-19 ofereceu forte proteção de longo prazo contra o vírus em um estudo de estágio avançado conduzido com adolescentes de 12 a 15 anos.

Uma série de duas doses da vacina foi 100% eficaz contra a Covid-19, monitorada de sete dias a mais de quatro meses após a segunda dose, disse a empresa.

Os dados de longo prazo apoiarão as submissões programadas para a aprovação regulatória total da vacina para essa faixa etária nos Estados Unidos e em todo o mundo.

A Pfizer e a BioNTech buscarão liberação para aplicação de uma dose de 30 microgramas da vacina em pessoas com 12 anos ou mais.

A vacina foi autorizada para uso emergencial em adolescentes com idade entre 12 e 15 anos pela Agência de Alimentos e Medicamentos dos EUA (FDA) em maio, e obteve aprovação total para uso em pessoas com 16 anos ou mais em agosto. (Por Mrinalika Roy em Bengaluru/Reuters)

Leia também:

Vitória disponibiliza 2 pontos de vacinação sem agendamento
Covid-19: média de mortes diárias no país fica abaixo de 200
Covid: Vitória mantém ponto de vacinação sem agendamento
Estudo relaciona falta de sono à alta da obesidade infantil
> Vitória vacina adolescentes contra Covid, HPV e Meningite
Covid: Vitória vacina sem agendamento neste sábado (20)
Consumo de açúcar na 1ª infância é fator de risco para cáries
Campanha Mega Vacinação contra covid-19 começa amanhã
Cariacica capacita profissionais para diagnosticar hanseníase
Brasil já aplicou mais de 300 milhões de vacinas contra covid

TAGS:
PFIZER | COVID-19 | VACINAÇÃO | ADOLESCENTES | PANDEMIA