Ajuda: Vitória alerta sobre os sinais da violência sexual infantil

A cada 20 minutos, uma criança ou um adolescente é vítima de exploração ou violência sexual.

Em 23/05/2021 Referência CCNEWS, Redação Multimídia

Foto: © Marcello Casal Jr./Arquivo/Agência Brasil

Na próxima segunda-feira (24), acontecerá mais uma ação da "Campanha Maio Leranja" em frente à Prefeitura de Vitória.

No Brasil, a cada 20 minutos, uma criança ou um adolescente é vítima de exploração ou violência sexual. O abusador, muitas vezes, está mais perto do que se imagina.

Atento aos principais sinais

Medo
P
preste atenção se a criança ou o adolescente tem receio de se aproximar de uma determinada pessoa, participar de atividades sociais ou se rejeita alguém. Também é importante observar se os pequenos apresentam medo generalizado, sem justificativa aparente;

Isolamento social
A criança ou o adolescente não interage, se isola e não conversa;

Distúrbios alimentares;

Regressão
A criança ou o adolescente apresenta comportamento infantil, como voltar a fazer xixi na cama, chupar o dedo ou querer usar fraldas novamente;

Vergonha
Sentimento de vergonha e/ou constrangimento. Sentir-se sujo e culpado também são sinais de que algo que não vai bem;

Depressão;

Medo do escuro ou de ambientes fechados;

Baixo nível de autoestima e preocupação exagerada em agradar os outros.

Manifestação física de sintomas

> Problemas de saúde sem aparente causa clínica, conhecidas como doenças psicossomáticas (dores de cabeça, erupções na pele, vômitos e outras dificuldades digestivas cuja motivação é, na realidade, psicológica e emocional;

> Infecções sexualmente transmissíveis (coceira nas genitálias, infecções urinárias, secreções, odor vaginal e cólicas intestinais);

> Dificuldade de engolir devido à inflamação causada por gonorréia na garganta ou reflexo de engasgo hiperativo e vômitos (por sexo oral);

> Dor, inchaço, lesão ou sangramento nos órgãos genitais;

> Ganho ou perda de peso;

> Traumas físicos ou lesões corporais por uso de violência.

Ações de alerta e cuidados em prol do Dia de Combate ao Abuso e à Exploração Sexual de Crianças e Adolescentes marcam o mês de maio. Arte Comunicação/PMV

Comportamento da criança

O primeiro sinal que deve ser, de fato, levado em conta é a possível mudança no padrão de comportamento das crianças. Os pequenos, bem como os adolescentes vítimas de abuso sexual, sentem-se culpados, envergonhados e acuados (erroneamente) pelo que estão sofrendo e, assim, por diversas vezes, não revelam com palavras que estão sendo agredidos.

Em paralelo, há situações em que as vítimas tentam relatar o ocorrido, porém, não são ouvidas.

A falta de apoio emocional da família e de diálogo insere essa criança em uma situação de maior vulnerabilidade.

Confie na palavra da criança e do adolescente que pede ajuda.

Assista ao vídeo da campanha Maio Amarelo, cujo objetivo é despertar as famílias para a necessidade de protegerem crianças e adolescentes de toda forma de violência sexual e divulgar os canais de denúncia e de apoio às vítimas em Vitória.

 Ações educativas contam com performances e faixas e banners educativos para a divulgação dos canais de denúncia e de apoio às vítimas.Foto: Leonardo Silveira/PMV

[v676]

Onde buscar auxílio?

Vitória conta com uma série de serviços voltados para o atendimento de vítimas de violência sexual. Nas unidades de saúde, nas escolas ou nos Centros de Referência Especializados de Assistência Social (Creas), há profissionais preparados para auxiliar a família no enfrentamento do problema.

Centro de Referência Especializado da Assistência Social/Região Centro
Endereço: rua Aristides Freire, 36, Centro
Telefone: 3132-8065

Centro de Referência Especializado da Assistência Social/Região Bento Ferreira
Endereço: Av Carlos Moreira Lima, 451, Bento Ferreira
Telefone: 3132-1719

Centro de Referência Especializado da Assistência Social/Região Maruípe
Endereço: Rua Dom Pedro I, 43, Maruípe
Telefone: 3233-3420

Serviço de Atenção às Pessoas em Situação de Violência (SASVV)
Endereço: rodovia Serafim Derenzi, 4.570, atrás do Pronto-Atendimento de São Pedro.
Telefones: 3323-3777 e 3332-3290

Como denunciar?

Disque 100

Este é um serviço de proteção de crianças e adolescentes com foco em violência sexual, vinculado ao Programa Nacional de Enfrentamento da Violência Sexual contra Crianças e Adolescentes, da Subsecretaria de Promoção dos Direitos da Criança e do Adolescente (Secretaria Especial de Direitos Humanos da Presidência da República).

Um canal que funciona 24 horas por dia, incluindo finais de semana e feriados. As ligações são gratuitas e podem ser feitas de qualquer terminal telefônico fixo ou móvel. As denúncias podem ser anônimas, e o sigilo das informações é garantido, quando solicitado.

Fala Vitória

Pelo número de telefone 156, de segunda a domingo, inclusive feriados, das 8 horas até meia-noite, é possível abrir um chamado. As demandas são redirecionadas ao Conselho Tutelar e aos Centros de Referência Especializados da Assistência Social.

Conselhos Tutelares 

- Região Centro: 98818-4435 e 98875-1705;
- Região Continental: 99941-8202 e 99766-6236;
- Região Maruípe: 98818-4511 e 98818-4524.

Delegacia de Proteção à Criança

Endereço: Rua Lisandro Nicoletti, em Jucutuquara
Telefone: (027) 3132 1916 / (27) 3132 1917
E-mail: dpca@pc.es.gov.br
Atendimento: segunda a sexta, das 8 às 18 horas

Crianças e adolescentes vítimas de violência sexual carregam sequelas dos abusos, físicas e emocionais, por toda a vida, que podem, inclusive, levar a morte.

Não se cale! Denuncie!

Busque ajuda junto a rede de proteção social para crianças e adolescentes.

Leia também:

Maio Laranja realiza ação educativa na feira de Maria Ortiz
Alunos do 6º ao 9º ano Fundamental voltam às salas de aula
Guarda Municipal de Vitória recebe mais seis novos veículos
Moradores de Vitória pedem consciência no descarte do lixo
Pré-candidatos a diretores de escola têm live sobre gestão
Vitória entrega novos cartões do AME nesta sexta-feira (21)
Parque Moscoso recebe cuidados para o conforto do público
Prefeitura de Vitória entrega novas casas no bairro Conquista
Parque Moscoso celebra 109 anos com atrações, beleza e história
Casa Porto reabre as portas após 14 meses e traz exposição
Vitória abre agenda on-line para emitir Carteira de Identidade
Ministra Damares lança Campanha Maio Laranja em Vitória
Beleza de Vitória passa pelas vassouras do pessoal de limpeza

TAGS:
ARQUE | SEVIÇOS | OBRAS | POLÍTICA | ECONOMIA | CIDADE | EMPREGOS | IPVA | GOVERNO