Botafogo vence o Brasil de Pelotas e é campeão da Série B

Com gol de Diego Gonçalves, Alvinegro vence por 1 a 0 a equipe xavante no Bento Freitas.

Em 21/11/2021 Referência CCNEWS, Redação Multimídia

Foto: Vítor Silva / Botafogo

O Botafogo agora se despedirá da Série B contra o Guarani no próximo domingo (28), às 16h, no Nilton Santos.

Com gol de Diego Gonçalves, Alvinegro vence por 1 a 0 a equipe xavante no Bento Freitas neste domingo (21) em jogo no qual segura a pressão mesmo com um a menos.

Como um facho de luz, o Botafogo reconduziu a Estrela Solitária à elite como campeã da Série B. Com gol de Diego Gonçalves, o Botafogo bateu o Brasil de Pelotas por 1 a 0 na tarde deste domingo (21), no Bento Freitas, em jogo válido pela 37ª rodada da competição nacional. A equipe, que ganhou um jogo suado e segurou a pressão xavante, foi beneficiada pela derrotada do Coritiba para o CSA por 1 a 0 e já pode celebrar a conquista com uma rodada de antecedência.

O resultado levou os alvinegros a 69 pontos, contra 64 da equipe paranaense. O Botafogo agora se despedirá da Série B contra o Guarani no próximo domingo (28), às 16h, no Nilton Santos.

O Botafogo não demorou a tomar a iniciativa da partida. Porém, por mais que pressionasse e tivesse posse de bola, a equipe não deslanchava devido a sucessivos erros de passes e do gramado seco do Bento Freitas. Diante do início picotado, o que chamou atenção nos primeiros minutos foi a presença de uma família de quero-queros que “passeou” pelo campo e, depois de interromper o jogo por alguns minutos,, foi retirada por um funcionário.

O Brasil de Pelotas, aos poucos, passou a trazer calafrios para os botafoguenses. Erison buscou investidas. Após escanteio, Diego Gomes saltou e a bola passou perto de Diego Loureiro.

Em meio ao jogo acirrado, o Botafogo viu um atalho para balançar a rede. Após cobrança de falta, Rafael Navarro voltou a mostrar poder de decisão ao dar passa com categoria e iludir marcador. A bola caiu nos pés de Diego Gonçalves, que não titubeou.

Em desvantagem, o Brasil aumentou sua pressão e deu trabalho para Diego Loureiro. Diego Gomes serviu e Erison encheu o pé, obrigando o camisa 29 a defender no susto. Em seguida, Diego Loureiro encaixou batida forte de Rildo. Caio Rangel e Bruno Matias ainda arriscaram. Os botafoguenses ainda viram Carlinhos alçar bola para a área, mas Kanu cabeceou por cima da meta.

O técnico Jerson Testoni tornou o Brasil de Pelotas mais ofensivo na volta do intervalo: Renatinho e Gabriel Poveda entraram nos lugares de Diego Gomes e Caio Rangel, respectivamente. No entanto, o Botafogo cercou a área adversária em cobranças de escanteio e manteve seu ímpeto.

Daniel Borges aproveitou uma sobra e encheu o pé, só que a bola passou por cima do gol. Em seguida, após uma cobrança de escanteio, Joel Carli encheu o pé e um defensor xavante salvou.

As emoções oscilaram entre os torcedores no Bento Freitas. Marco Antônio encheu o pé e a bola desviou no braço de Leandro Camilo na entrada da área. O árbitro mandou o jogo seguir. Minutos depois, o Brasil de Pelotas teria a grande chance de se impor.

Em contra-ataque de manual, Gabriel Poveda recebeu à feição e foi derrubado por Barreto perto da grande área. Inicialmente, o árbitro deu o amarelo para o volante botafoguense. Contudo, após atender a solicitação do VAR e rever a jogada no monitor, Barreto foi expulso. Renatinho cobrou a falta rente à trave.

Mesmo com um a menos, a equipe de Enderson Moreira continuou a ser impetuosa. Ronald e Diego Gonçalves tabelaram pela direita, mas a jogada não deu certo. Depois de um escanteio cobrado para a área, Rafael Navarro encheu o pé e a bola carimbou na trave.

A superioridade numérica fez o Brasil de Pelotas encontrar brechas para se lançar à frente. Após cobrança de falta de Renatinho, a bola mansamente atravessou a área e obrigou Diego Loureiro a se esticar para salvar. Em seguida, Bruno Matias arriscou da intermediária e obrigou o camisa 29 a salvar. A equipe gaúcha ainda tentou lançamentos em busca de Erison, mas o atacante não estava inspirado.

Após a entrada de Rafael Moura, a equipe alvinegra conseguiu a equilibrar o jogo. Mais seguro, o Botafogo foi à frente e teve nova oportunidade de ampliar. O He-Man cruzou e Kanu escorou, mas a bola passou rente à trave. O Brasil de Pelotas partiu com tudo para o ataque, mas os botafoguenses conseguiram se sobressair.

Nos últimos minutos, não faltou emoção. Ricardinho cobrou falta e a bola passou rente à meta de Matheus Nogueira. Ronald foi lançado, driblou o goleiro e chegou a comemorar, mas o árbitro anulou o gol por impedimento. Não importava. O Botafogo já podia festejar, festejar muito o título de campeão da Série B.

Ficha técnica

BRASIL DE PELOTAS 0x1 BOTAFOGO
Data-Hora: 21-11-21 – 16h
Estádio: Bento Freitas, em Pelotas (RS)
Árbitro: Alisson Sidnei Furtado (TO)
Assistentes: Fábio Pereira (TO) e Cipriano da Silva Sousa (TO)
VAR: Vinicius Furlan (SP)
Cartões amarelos: Caio Rangel (BRP), Oyama (BOT)
Cartão vermelho: Barreto (BOT)
Gol: Diego Gonçalves, 20/1T (0-1)

BRASIL DE PELOTAS
Matheus Nogueira; Netto (Oliveira, 40/2T), Leandro Camilo, Ícaro e Paulinho; Diego Gomes (Renatinho, intervalo), Bruno Matias, Patrick, Rildo e Caio Rangel (Gabriel Poveda, intervalo); Erison. Técnico: Jerson Testoni

BOTAFOGO
Diego Loureiro; Daniel Borges, Joel Carli, Kanu e Carlinhos; Oyama (Ricardinho, 47/2T), Barreto, Warley (Ronald, 20/2T), Marco Antônio (Romildo, 20/2T) e Diego Gonçalves (Frizzo, 48/2T); Rafael Navarro (Rafael Moura, 37/2T). Técnico: Enderson Moreira. (Parceria Lance & IstoÉ)

Leia também:

Flamengo derrota Internacional e segue na caça à liderança
Sul-Americana: Athletico-PR vence o Bragantino e é campeão
Flamengo vence o Corinthians com gol nos acréscimos
Conmebol suspende três árbitros por erros graves em jogos
Atlético-MG vence a 6ª seguida e faz contas para ser campeão
ES vai sediar Campeonato de Basquete em Cadeira de Rodas
Botafogo vence o Operário-PR e garante o retorno à Elite
A CBF demite Leonardo Gaciba da Comissão de Arbitragem
David Luiz eleva nível do Fla, que segue com defesa intacta
Atlético-MG vence o Corinthians e fica mais perto do título

TAGS: 
BOTAFOGO | SÉRIE B | BRASILEIRÃO | VITÓRIA | CAMPEÃO | VOLTA