Capixaba do Bolsa Atleta conquista medalha na Paralimpíada

Nadadora capixaba, Patrícia Pereira, ao lado de Daniel Dias, Joana Peixinha e Talisson Glock.

Em 26/08/2021 Referência CCNEWS, Redação Multimídia

Foto: Divulgação/Sesport

Moradora de Cariacica, Patrícia Pereira é tetraplégica e fez quase todo o ciclo do Rio até Tóquio treinando pelo Clube Álvares Cabral.

A nadadora Patrícia Pereira, contemplada pelo programa Bolsa Atleta, conquistou, nesta quinta-feira (26), a primeira medalha do Espírito Santo na Paralimpíada de Tóquio: bronze na prova do revezamento 4x50m livre (20 pontos), ao lado de Daniel Dias, Joana Peixinha e Talisson Glock.

Esta é a segunda paralimpíada em que a capixaba sobe ao pódio. No Rio de Janeiro, em 2016, na mesma prova do revezamento 4x50m, ela faturou a prata.

Moradora de Cariacica, Patrícia Pereira é tetraplégica e fez quase todo o ciclo do Rio até Tóquio treinando pelo Clube Álvares Cabral, mas, recentemente, se transferiu para a equipe Naurú, de Indaiatuba, São Paulo, onde finalizou a preparação rumo ao Japão.

Após conquistar o bronze, a nadadora capixaba agora segue no Japão em busca de mais duas medalhas, nas provas dos 50m peito e dos 50m livre, que serão disputadas, respectivamente, nas próximas terça-feira (31) e quinta-feira (02), com muitas chances de pódio na disputa dos 50m peito. (Sesport)

Leia também:

Fifa estuda realizar a Copa do Mundo a cada dois anos
Andretti se interessa por vaga na Fórmula 1 e inicia negociação
Atlético-MG amassa o River e vai à semi da Libertadores
Governo manda cancelar GP do Japão de F1 por alta da covid
Palmeiras atropela o São Paulo e vai à semi da Libertadores
Grande Prêmio de São Paulo de F1 exigirá público vacinado
Tite convoca seleção para jogos contra Chile, Argentina e Peru
Chelsea vence nos pênaltis e conquista a Supercopa da Uefa
Oficial: PSG anuncia a contratação do astro Lionel Messi
Lionel Messi chegou a acordo com o PSG, diz jornal francês
Membro do Barcelona vai à Justiça para impedir Messi no PSG
Jogos Paris 2024 terá arenas esportivas em locais históricos
Messi chora em adeus ao Barça: "Não é como tinha pensado"
Tóquio 2020: Estados Unidos são 1º no quadro de medalhas
Seleção feminina de vôlei perde para os EUA e fica com a prata
Eliminatórias: Brasil pega Chile, Argentina e Peru em setembro
Tóquio: Brasil vence a Espanha e é bicampeão olímpico
Seleção feminina de vôlei vence Coreia e decide ouro com EUA
São Paulo x Palmeiras terá árbitro da final da Copa de 2018
F1 mudará a data do GP do Brasil para adequar seu calendário
Nos pênaltis, Brasil vence México e está na final de Tóquio
Alison e Álvaro Filho vencem mexicanos e estão nas quartas
Falta de gasolina mínima para análise custa caro para Vettel
Francês Ocon alcança vitória incrível no GP da Hungria de F1

TAGS:
CATAR 2022 | SUPERCOPA | INTERLAGOS | PARIS 2024 | LIBERTADORES | CONMEBOL | SUPERLIGA | UEFA | F1