Cariacica capacita profissionais para diagnosticar hanseníase

Em Cariacica, atualmente, existem 40 pacientes diagnosticados, em tratamento da doença.

Em 19/11/2021 Referência CCNEWS, Redação Multimídia

Foto: Divulgação/Agência Brasil

Para capacitar as equipes, a Semus convidou o médico Jaison Antônio Barreto, que vai fazer o treinamento pessoalmente dos médicos e enfermeiros nas Unidades Básicas de Saúde (UBS).

A hanseníase é uma doença crônica, causada pela bactéria Mycobacterium leprae, que pode afetar qualquer pessoa. Caracteriza-se por alteração, diminuição ou perda da sensibilidade térmica, dolorosa, no tato e força muscular, principalmente em mãos, braços, pés, pernas e olhos e pode gerar incapacidades permanentes. Mesmo com esses sintomas, é uma doença cujo diagnóstico não é tão simples.

Pensando em capacitar suas equipes para o fazer o diagnóstico, o acompanhamento e o tratamento do paciente, a Secretaria Municipal de Saúde (Semus) inicia na próxima semana o programa “Cariacica Livre da Hanseníase”.

Para capacitar as equipes, a Semus convidou o médico Jaison Antônio Barreto, que vai fazer o treinamento pessoalmente dos médicos e enfermeiros nas Unidades Básicas de Saúde (UBS). Barreto é do Instituto Lauro de Souza Lima, em Bauru (SP), e diretor da Sociedade Brasileira de Hansenologia (SBH).

Pacientes

Em Cariacica, atualmente, existem 40 pacientes diagnosticados, com a doença ativa e em tratamento, de acordo com a Semus. Esses números refletem uma possível subnotificação, já que a hanseníase é uma doença silenciosa e os primeiros sintomas podem demorar vários anos para surgir. A expectativa é que, em seis meses, toda as equipes de Saúde da Família estejam treinadas.

Anteriormente conhecida como lepra, nome que vem carregado de preconceito, já que a doença não tratada pode provocar a perda de membros como dedos e até o nariz. Embora a enfermidade carregue um estigma, a doença tem um tratamento bastante eficaz, pois após a primeira dose da medicação o paciente para de transmitir.                

Programação

Dia 22 de novembro (segunda-feira)

7h30 às 11h - Apresentação do Programa Municipal de Controle da Hanseníase. Local: UBS de Jardim América.
13h às 16h30 - Cerimônia de lançamento do projeto “Cariacica Livre da Hanseníase” e capacitação teórica. Palestra com o médico Jaison Antônio Barreto, do Instituto Lauro Souza Lima (ILSL).
Local: Centro Cultural Frei Civitella Del Tronto, em Campo Grande  

Dia 23 de novembro (terça-feira)

7h30 às 11h - Capacitação prática na Unidade Básica de Saúde de São Francisco.
13h às 16h30 - Capacitação prática na Unidade Básica de Saúde de Valparaíso.  

Dia 24 de novembro (quarta-feira)

7h30 às 11h - Capacitação prática na Unidade Básica de Saúde de Cariacica-Sede.
13h às 16h30 - Capacitação prática na Unidade Básica de Saúde de Nova Canaã.  

Dia 25 de novembro (quinta-feira)

7h30 às 11h - Capacitação prática na Unidade Básica de Saúde de Itaquari.
13h às 16h30 - Capacitação prática na Unidade Básica de Saúde de Rio Marinho.

Dia 26 de novembro (sexta-feira)

7h30 às 11h - Capacitação prática na Unidade Básica de Saúde de Mucuri.
13h às 16h30 - Encerramento do primeiro ciclo de capacitação do projeto “Cariacica Livre da Hanseníase”. Palestra com o médico Jaison Antônio Barreto, do Instituto Lauro Souza Lima (ILSL).
Local: Centro Cultural Frei Civitella Del Tronto, em Campo Grande.

Dia 27 de novembro (sábado)

8h às 14h - Mutirão de diagnóstico
Local: Praça de Nova Rosa da Penha. (Semco/PMC)

Leia também:

Brasil já aplicou mais de 300 milhões de vacinas contra covid
Vila Velha abre agendamento para 3ª dose do público geral
Brasil recebe 1 milhão de vacina Janssen contra a covid-19
Covid: Vitória abre vagas para dose de reforço em adultos
Covid: Dia D de Vacinação sem agendamento em Vila Velha
Ceasa-ES vai receber ações voltadas à saúde da população
Dia D de vacinação será realizado neste sábado (20) em Viana
Não vacinados são maioria entre os internados por covid-19
Campanha de Mega Vacinação contra covid será sábado (20)
Fiocruz investiga hesitação em vacinar crianças contra covid-19

TAGS:
CARIACICA | HANSENÍASE | PACIENTES | SEMUS | MÉDICOS | ENFERMEIROS