Escola aplica programa de saúde mental com professores

A Devir, que dura 5 meses, é um conceito filosófico, coordenada pela psicóloga Tatiana Fardin.

Em 06/10/2021 Referência CCNEWS, Redação Multimídia

Foto: Divulgação

Com duração de cinco meses, o programa Devir tem como objetivo compartilhar técnicas de inteligência emocional, diagnosticar o contexto mental dos profissionais e traçar planos para fortalecer a equipe.

Preocupadas com o cuidado com a saúde mental, agravada pelo cenário de pandemia vivido desde o ano passado, muitas pessoas e até empresas destinaram mais tempo e recursos para trabalhar o assunto. É o caso do Centro Educacional Leonardo da Vinci, que no ano passado ofereceu atendimento psicológico gratuito aos seus colaboradores e que este ano, desde agosto, tem realizado com seus 120 professores um programa de desenvolvimento de inteligência emocional para o fomento de um ambiente de trabalho com mais saúde mental.

Chamada de Devir, um conceito filosófico que quer dizer “processos de mudança pelos quais todos passam”, e coordenada pela psicóloga Tatiana Fardin, a iniciativa tem duração de cinco meses. A programação conta com palestra de sensibilização e encontros quinzenais nos quais os participantes são divididos em quatro grupos, para compartilhar técnicas de inteligência emocional, diagnosticar o contexto mental dos profissionais e, ao final, traçar planos para fortalecer a equipe e apontar necessidades para 2022.

De acordo com o diretor da escola, Mário Broetto, o programa visa auxiliar os profissionais nesta fase complexa que o mundo enfrenta com relação a adoecimentos e sofrimentos mentais e relacionais de toda ordem.

“Ao longo dos últimos 18 meses vivenciamos situações que geraram dores, medos, angústias, ansiedades e até depressão. Dificilmente, alguém atravessou a pandemia ileso nos âmbitos físico, emocional, psicológico, afetivo e familiar. No cotidiano da escola também percebemos sinais que nos impulsionaram a criar ações consistentes visando ajudar nossa equipe a buscar equilíbrio e estabilidade para se fortalecer e não adoecer”, explica. (Por Denise Klein - AsImp)

Leia também:

Professora ensina português e matemática usando o Pop-it
Pessoas em situação de rua voltam à sala de aulas em Serra
Inclusão Digital nas escolas do Ensino Fundamental de Viana
Plano Vitória: R$31 milhões para construir e reformar 3 escolas
Inscrição no Desafio Criativos da Escola 2021 até 4 de outubro
Vitória institui tempo integral para Educação Infantil em 2022
Serra se antecipa ao prazo do MP e aumenta a Bolsa Estágio
Serra: Parceria entre Prefeitura e Vale contra a evasão escolar
Estudantes da Rede Estadual e Ufes recuperam computadores
Prefeitura de Serra vai distribuir 65 mil kits alimentação escolar
Seme repassa mais de R$393 mil para melhorias em escolas
Sedu repassa mais de R$48,5 milhões para Conselhos de Escola

TAGS:
DEVIR | FILOSÓFICO | EDUCAÇÃO | CONCEITO | SAÚDE MENTAL | PROFESSORES