Fiocruz analisa inflamação na covid-19 grave em diabéticos

Estudo revela que diabetes induz inflamações nas células circulantes do sistema imunológico.

Em 03/09/2021 Referência CCNEWS, Redação Multimídia

Foto: © Marcello Casal jr/Agência Brasil

No estudo, as taxas de mortalidade foram semelhantes entre pacientes com covid-19 com ou sem diabetes, mas a gravidade foi maior nos indivíduos com a doença.

Cientistas da Fundação Oswaldo Cruz (Fiocruz) Bahia verificaram que a diabetes induz uma inflamação nas células circulantes do sistema imunológico com aumento da expressão dos genes ACE2 e ALOX5, tornando-as mais propensas à invasão do novo coronavírus, o Sars-CoV-2.

“Os pesquisadores também observaram o aumento do leucotrieno B4 (LTB4) nas células sanguíneas desses pacientes, um mediador lipídico associado a alterações como inflamação e comprometimento da cicatrização na diabetes, indicando que o LTB4 pode ser um mediador que aumenta o risco de covid-19 grave em indivíduos com a comorbidade e um dos causadores da resposta inflamatória sistêmica mais pronunciada. Estes pacientes requerem cuidados intensivos com mais frequência devido à lesão pulmonar”, diz a Fiocruz.

Os resultados da pesquisa foram publicados na Diabetes, uma das revistas científicas mais importantes do mundo sobre o tema.

No estudo, as taxas de mortalidade foram semelhantes entre pacientes com covid-19 com ou sem diabetes, mas a gravidade foi maior nos indivíduos com a doença, assim como a redução da saturação de oxigênio e o aumento significativo da duração da covid-19.

Para avaliar o papel da inflamação crônica de baixo grau no agravamento da covid-19 em pessoas com diabetes, os pesquisadores analisaram dados clínicos e amostras de sangue de pacientes com e sem diabetes internados com o Sars-CoV-2. Segundo a instituição de pesquisa, embora se saiba que a diabetes é um fator de risco para covid-19, ainda se desconhecem os mecanismos envolvidos na evolução da doença em indivíduos com esta comorbidade.

Os cientistas da Fiocruz ressaltaram que, levando em conta que cerca de 463 milhões no mundo vivem com a diabetes e que a covid-19 é altamente transmissível, é urgente a necessidade de identificação de mecanismos que previnam a infecção nesse grupo de pessoas.

Leia também:

Sesa divulga serviços da Saúde que funcionam dias 06 e 0
Brasil chega a 40% da população completamente vacinada
> Jogos Paralímpicos de Tóquio registram 275 casos de covid-19
Campanha Setembro Verde alerta para a doação de órgãos
Setembro Verde alerta para os riscos do câncer de intestino
Variante Delta: casos crescem 86% no Brasil em uma semana
Influenza: Prefeitura da Serra faz ação em garagem de ônibus
Governo lança curso para emergências em saúde mental
Covid-19: Brasil registra menor média móvel de casos em 1 dia
Covid: Vila Velha inicia vacinação em instituições de ensino
Governo do Estado anuncia consultas de neurologia pediátrica
Governo anuncia propostas qualificadas para vacinas nacionais

TAGS:
DOAÇÃO | SETEMBRO VERDE | CANCER DE INSTESTINO | COVID-19 | LEITOS | DELTA | VARIANTE | CORAÇÃO