Flamengo derrota o Corinthians e segue na cola do líder

Em 14/02/2021 Referência CCNEWS, Redação Multimídia

Foto: Nayra Halm/Fotoarena/Agência Lancepress! Foto: Lance!

Duelo foi válido pela 36ª rodada do Brasileiro, que contou com vitória colorada em Vasco x Internacional no mesmo horário.

O Rio de Janeiro não tem Carnaval em 2021, mas, neste domingo, reservou uma emoção aflorada com dois jogos simultâneos e decisivos na briga pelo título do Campeonato Brasileiro. No Maracanã, o Flamengo recebeu o Corinthians, enquanto o Internacional visitou o Vasco, em jogos pela 36ª rodada. E, assim como o Colorado, o Rubro-Negro fez a sua parte: venceu por 2 a 1, com gols de Willian Arão e Gabigol; Léo Natel anotou para os visitantes.

Vice-líder, o Flamengo passa a somar, agora, 68 pontos, ainda um atrás do Inter, o rival da próxima rodada ("decisão") e que venceu o Cruz-Maltino em São Januário (por 2 a 0). O Corinthians, por sua vez, estaciona nos 49 pontos e se complica na briga por vaga na Libertadores-2021.

Início frenético

O jogo se desenhou no campo ofensivo do Flamengo, que apostou na movimentação das peças de frente e na recuperação da posse sem permitir os contragolpes. No início, houve finalizações em profusão do Rubro-Negro.

E, com dez minutos, Arrascaeta cobrou uma falta na cabeça de Arão: 1 a 0. O Fla seguiu em cima, pôs uma bola no travessão, em testada de Bruno Henrique, porém foi o Corinthians que voltou a alterar o placar. Araos encontrou espaços na defesa do rival e achou Léo Natel, que empatou dez minutos depois.

Foi um começo frenético para um jogo que prometia ares de final. No entanto, a segunda metade da etapa inicial foi de tramas previsíveis e sem perigo para ambos os goleiros. Para o Corinthians, diante da estratégia reativa, o cenário era positivo. Já para o Flamengo, não.

É provável que o forte calor tenha esfriado a partida até o intervalo, sobretudo o ímpeto do Fla, afetado por uma momentânea morosidade em seu meio.

Tensão

O segundo tempo voltou com os times recarregados. Em bom escape, o Corinthians espetou com Mosquito pela direita, obrigando Hugo Souza a trabalhar. E o Flamengo seguia com mais volume. Eis que tornou a marcar.

Mas não sem antes de uma pausa dramática. Gabigol escorou para a rede após passe de Everton Ribeiro e, como a posição era duvidosa, o VAR entrou em ação. O jogo ficou parado por alguns minutos, contornados de tensão. Reclama dali, daqui, até que o gol, marcado novamente aos 9', foi confirmado: 2 a 1.

Vagner Mancini mexeu em todo o sistema ofensivo, pôs Jô para incomodar os zagueiros rubro-negros, mas o Corinthians não encontrou soluções cristalinas para deixar o Rio pontuando. O Fla se apegou à cadência e administrou a vantagem, fazendo o dever de casa.

Na rodada que vem, o Flamengo joga a "final" mais "final" até aqui: contra o Inter, no próximo domingo (21), às 16h, no Maracanã. Já o Corinthians recebe o Vasco, na Arena, no mesmo dia e horário.

Ficha técnica

FLAMENGO X CORINTHIANS - 36ª RODADA DO BRASILEIRO

Estádio: Maracanã, no Rio de Janeiro (RJ)

Data e hora: 14 de fevereiro de 2021, às 16h

Árbitro: Rafael Traci (Fifa-SC)

Assistentes: Kleber Lucio Gil (Fifa-SC) e Alex dos Santos (SC)

Árbitro de vídeo: Wagner Reway (PB)

Gramado: Bom

Cartões amarelos: Filipe Luís (FLA) / Fábio Santos, Ramiro, Gil, Fagner e Roni (COR)

Cartões vermelhos: -

GOLS: Willian Arão, 9'/1ºT (1-0); Léo Natel, 19'/1ºT (1-1); Gabigol, 9'/2ºT (2-1).

FLAMENGO (Técnico: Rogério Ceni)

Hugo Souza; Isla, Willian Arão, Rodrigo Caio e Filipe Luís; Gerson (Vitinho, 38'/2ºT), Diego (Gustavo Henrique, 33'/2ºT), Everton Ribeiro e Arrascaeta (Michael, 45'/2ºT); Bruno Henrique (Pepê, 38'/2ºT) e Gabigol (Pedro, 34'/2ºT).

CORINTHIANS (Técnico: Vagner Mancini)

Cássio; Fagner, Bruno Méndez, Gil e Fábio Santos; Xavier (Luan, 19'/2ºT), Cantillo (Ramiro, 19'/2ºT); Gustavo Mosquito (Gabriel Pereira, 35'/2ºT), Araos (Jô, 29'/2ºT) e Otero (Roni, 19'/2ºT); Léo Natel.  (Lance!!)