Fórmula 1 irá rever regra de pontos após o GP da Bélgica

Tempo ruim transformou Grande Prêmio da Bélgica de domingo (29) numa farsa de 3 voltas.

Em 30/08/2021 Referência CCNEWS, Redação Multimídia

Foto: © Christian Hartmann/Reuters/Direitos reservados

Os regulamentos da F1 dizem que metade dos pontos pode ser concedida "se o líder tiver completado mais de duas voltas, mas menos de 75% da distância original da corrida".

A Fórmula 1 irá rever as regras que estabelecem quanto tempo uma corrida precisa durar para que pontos sejam distribuídos aos pilotos, depois que o tempo ruim transformou o Grande Prêmio da Bélgica de domingo (29) em uma farsa de três voltas, sem permissão de ultrapassagem.

O chefe da McLaren Racing, Zak Brown, disse à Reuters nesta segunda-feira (30) que conversou com o executivo-chefe da F1, Stefano Domenicali, depois da prova debaixo de chuva em Spa-Francorchamps e que haverá mais conversas nesta semana com a F1, as equipes e a Federação Internacional de Automobilismo (FIA).

"Conversei com Stefano na noite passada. Ele está muito aborrecido com o que aconteceu, ele sabe que o resultado não foi certo e reunirá todos na próxima semana e tratará do assunto. O que sempre digo às pessoas da equipe é que erros acontecem, consertem-os e não cometam o mesmo erro duas vezes. É isso que precisamos fazer agora. Precisamos decidir qual é a margem mínima de uma corrida. Será 25%? E precisa haver alguma corrida", acrescentou.

Os regulamentos da F1 dizem que metade dos pontos pode ser concedida "se o líder tiver completado mais de duas voltas, mas menos de 75% da distância original da corrida".

A prova de domingo foi a mais curta da história. Max Verstappen, da RBR, ficou com a vitória depois de três voltas atrás do safety car, com os outros pilotos guiando com dificuldade na esteira. (Por Alan Baldwin - Reuters) 

Leia também:

Real Madrid desiste da contratação do atacante Kylian Mbappé
Miranda volta à Seleção dois anos depois e perto da Copa
Max Verstappen conquista a pole no GP da Bélgica de F1
Verstappen é mais rápido nos treinos livres do GP da Bélgica
Manchester United anuncia contratação de Cristiano Ronaldo
PSG e Manchester City caem no mesmo grupo da Champions
Capixaba do Bolsa Atleta conquista medalha na Paralimpíada
Fifa estuda realizar a Copa do Mundo a cada dois anos
Andretti se interessa por vaga na Fórmula 1 e inicia negociação
Atlético-MG amassa o River e vai à semi da Libertadores
Governo manda cancelar GP do Japão de F1 por alta da covid
Palmeiras atropela o São Paulo e vai à semi da Libertadores
Grande Prêmio de São Paulo de F1 exigirá público vacinado
Tite convoca seleção para jogos contra Chile, Argentina e Peru
Chelsea vence nos pênaltis e conquista a Supercopa da Uefa

TAGS:
MIRANDA | ELIMINATÓRIAS | CRISTIANO RONALDO | LIBERTADORES | CONMEBOL | SUPERLIGA | UEFA | F1