Governo do Espírito Santo participa da Mesa Reate 2021

A iniciativa foi uma mobilização do Fórum Capixaba de Petróleo e Gás Natural (FCP&G).

Em 01/04/2021 Referência CCNEWS, Redação Multimídia

Foto: Hélio Filho/Secom-ES

O Governo do Estado participou, nessa terça-feira (30), da Mesa Reate, ação do Programa de Revitalização da Atividade de Exploração e Produção de Petróleo e Gás Natural em Áreas Terrestres. A iniciativa foi uma mobilização do Fórum Capixaba de Petróleo e Gás (FCP&G), que busca interagir com os poderes públicos e demais atores para o desenvolvimento do setor, com o apoio da Federação das Indústrias do Espírito Santo (Findes).

"O desinvestimento por parte da Petrobrás é importante para que outras empresas com expertise em extração de petróleo em terra possam aumentar a produção no Espírito Santo, gerando oportunidades aos capixabas. Também podemos ter uma melhor qualificação da mão de obra e, consequentemente, melhorando os salários, a renda dos capixabas e aumentando a competitividade do nosso Estado”, disse o governador do Estado, Renato Casagrande.

Sobre a Mesa Reate 2021

O Programa de Revitalização da Atividade de Exploração e Produção de Petróleo e Gás Natural em Áreas Terrestres é uma política nacional de fomento à atividade de exploração e produção de petróleo e gás natural em áreas terrestres no Brasil, implantado pelo Conselho Nacional de Política Energética (CNPE).

Sob a coordenação do Ministério de Minas e Energia (MME), o evento foi realizado em parceria com a Federação das Indústrias do Espírito Santo (Findes); o Ministério da Economia, Empresa de Pesquisa Energética (EPE); Agência Nacional do Petróleo, Gás Natural e Biocombustíveis (ANP); Associação Brasileira dos Produtores Independentes de Petróleo e Gás (Abpip); Organização Nacional da Indústria do Petróleo (ONIP); o Serviço Brasileiro de Apoio às Micro e Pequenas Empresas (Sebrae) e o Governo do Estado do Espírito Santo. (Ascom/Governo do ES)

TAGS: 
OBRAS   |   POLÍTICA   |  ECONOMIA   |   CIDADE   |  EMPREGOS   |   IPVA   |   GOVERNO   |   SEFAZ