Guarapari vai vacinar os jovens de 12 a 17 anos em escolas

Prefeitura de Guarapari tem registrado baixa procura para vacinação da Covid-19 entre jovens

Em 08/10/2021 Referência CCNEWS, Redação Multimídia

Foto: Secom/PMG

Para a vacinação nas escolas, é preciso que os pais ou responsáveis preencham o formulário de consentimento que consta em anexo.

O município de Guarapari tem registrado baixa procura para a vacinação da Covid-19 entre jovens de 12 a 17 anos. Até  a presente data, foi vacinado somente 68,06% desse  público, sendo que a meta vacinal é de 90%. Desta forma, a Prefeitura de Guarapari, através da Secretaria de Saúde (Semsa) vai realizar algumas ações de vacinação para atender esse público de forma estratégica, entre elas a vacinação diretamente nas escolas municipais, estaduais, federais e particulares. 

Para a vacinação nas escolas, é preciso que os pais ou responsáveis preencham o formulário de consentimento que consta em anexo. Esse documento deve ser impresso e entregue diretamente na escola, pois o município irá programar ações junto à Secretaria de Educação e os diretores escolares. No caso das escolas municipais, o formulário também estará disponível na própria unidade de ensino. 

Clique e acesse os formulários: 

Para escolas municipais e particulares 

Para escolas estaduais e federais (Secom/PMG)

Leia também:

Outubro Rosa: Secretaria de Saúde de Viana promove ações
Covid: Vila Velha abre agenda nesta sexta para D1, D2 e D3
Himaba inaugura brinquedotecas para pacientes da unidade
Vacinação contra a Covid-19 sem agendamento em Cariacica
Boletim da Fiocruz mostra sucesso da vacinação contra covid-19
ONU lança estratégia de vacinar 40% em todos os países
Vila Velha abre agenda com 3ª dose para profissionais da saúde
Outubro Rosa: Prefeitura vai realizar ação para mulheres de rua
Serra abre agendamento para vacinação nesta quinta-feira (7)
Pandemia teve impactos diretos em bebês e crianças, diz estudo
Quase 9 mil munícipes imunizados com a 3ª dose em Vila Velha

TAGS:
GUARAPARI | VACINAÇÃO | COVID-19 | SEMSA | ADOLESCENTES