Hospital Dr. Jayme realiza a captação de múltiplos órgãos

Órgãos irão para pacientes de Minas Gerais, Rio de Janeiro, São Paulo e Rio Grande do Sul.

Em 11/09/2021 Referência CCNEWS, Redação Multimídia

Foto: Divulgação/Sesa

A abordagem familiar foi realizada pela Comissão Intra Hospitalar de Doação de Órgãos e Tecidos para Transplante (CIHDOTT) do Hospital Dr. Jayme.

Na última quinta-feira (09), foi realizada uma captação de múltiplos órgãos no Hospital Estadual Dr. Jayme Santos Neves (HEJSN), Serra. Uma jovem de 19 anos, gestante, foi à óbito na unidade e a dor da família deu lugar à esperança de saber que a doação poderia salvar a vida de outras pessoas.

Ao todo, coração, fígado e os dois rins foram captados e poderão beneficiar quatro pacientes que estão na fila de espera por um transplante. As equipes para captação vieram de Minas Gerais e do Rio de Janeiro. Os órgãos vão beneficiar pacientes dos estados de Minas Gerais, Rio de Janeiro, São Paulo e Rio Grande do Sul.

“Esse é um momento muito delicado. De um lado, temos uma família que perdeu seu ente querido, mas que, ainda assim, se colocou no lugar do outro e consentiu com a doação. Do outro, temos quatro pacientes que lutam de alguma forma pela vida e que, graças a esse 'sim' familiar poderão recuperar a esperança e hoje ganharam o melhor presente que poderiam imaginar”, declarou a diretora técnica do Hospital Dr. Jayme, Juliana Tavares.

A última captação de múltiplos órgãos que ocorreu no hospital foi em julho de 2020. A pandemia do novo Coronavírus (Covid-19) mudou a rotina e o perfil de atendimento da unidade. Referência para casos suspeitos ou diagnosticados com a doença, o HEJSN atende pacientes regulados pela Central de Regulação do Estado ou pelo Serviço de Atendimento Móvel de Urgência (SAMU 192).

Essa paciente foi encaminhada à Maternidade de Alto Risco do Hospital Dr. Jayme após apresentar um estado de saúde grave. Na unidade passou por exames laboratoriais e de imagem que diagnosticaram um acidente vascular cerebral (AVC). Diante da situação, a equipe médica encaminhou para a abertura do protocolo de morte encefálica.

“Paciente jovem, sem comorbidades conhecidas, mas que já na primeira tomografia de crânio identificamos uma extensa hemorragia cerebral com importante edema. Um quadro irreversível”, explicou Juliana.

A abordagem familiar foi realizada pela Comissão Intra Hospitalar de Doação de Órgãos e Tecidos para Transplante (CIHDOTT) do Hospital Dr. Jayme.

“Essa abordagem é sempre difícil. Nos colocamos no lugar dessa família e entendemos a dor que estão sentindo, mas precisamos fazer esse trabalho”, disse a enfermeira da CIHDOTT do Hospital Dr. Jayme, Viviani Oliva.

Após a decisão da família, a Central Estadual de Transplantes do Espírito Santo (CET-ES) foi acionada e mobilizou as equipes para captação dos órgãos. As cirurgias tiveram início na manhã desta quinta-feira (09), no Centro Cirúrgico do Hospital Dr. Jayme Santos Neves e contaram com a participação de um cirurgião cardíaco, um residente de cirurgia cardíaca, uma cirurgiã geral, uma residente de cirurgia geral e uma enfermeira do Hospital das Clínicas da Universidade Federal de Minas Gerais (UFMG), junto da equipe do HEJSN com dois anestesistas, três técnicos de enfermagem e um enfermeiro concluíram a retirada do coração, fígado e rins.

“Nossa luta é para salvar vidas. Viemos de Minas Gerais para o Espírito Santo porque quatro pessoas podem ganhar uma vida nova a partir de hoje. Isso não tem preço”, lembrou o residente de cirurgia cardíaca, o médico Davson Bergamaschi. 

Dados

Segundo dados do Sistema Nacional de Transplantes (SNT), foram realizados 247 transplantes entre janeiro e julho deste ano, sendo 160 de córnea, 28 de rins, 18 de fígado, dois corações, quatro de esclera e 35 de medula.

Até o último dia 30 de agosto, a Central contabilizou 1.565 pacientes aguardando por um órgão no Estado, sendo 1.102 para rim, 421 córnea, 30 de fígado e 12 à espera de um coração. (As informações são da Sesa)

Leia também:

Fibrose Cística: Prefeitura de Linhares adere ao Setembro Roxo
Estratégias para vacinar adolescentes devem envolver escolas
Cariacica abre vagas para vacina da Covid-19 neste sábado (11)
Aracruz está há mais de 30 dias sem registrar óbitos pela Covid-19
Teste do pezinho ajuda a detectar doenças e prevení-las
Importância do diagnóstico precoce do câncer infantojuvenil
OMS pede que 3ª dose seja aplicada só em grupos de risco
Vila Velha ​abre agendamento de vacina para todos os grupos
Anvisa aprova medicamento para tratamento da covid-19
Campanha alerta para risco do consumo de álcool na gravidez
Estado recebe mais 105 mil doses de vacinas contra covid-19
Quem precisa tomar a terceira dose da vacina contra covid
Governo do ES fecha compra de 500 mil doses de CoronaVac

TAGS:
ÓRGÃOS | DOAÇÃO | FIBROSE | SETEMBRO ROXO | PNEUMONIA | TOSSE | PESO | VÍRUS