Investimentos no ES podem chegar a R$45 bilhões até 2024

Estão previstos investimentos na ordem de R$ 45,4 bilhões, distribuídos em 726 projetos.

Em 10/11/2021 Referência CCNEWS, Redação Multimídia

Foto: Secom/ES

O destaque vai para o Grande Setor da Indústria, que absorveu 92,5% dos investimentos anunciados, conforme à Classificação Nacional de Atividades Econômicas.

O Instituto Jones dos Santos Neves (IJSN) apresentou, nesta terça-feira (09), a carteira de “Investimentos Anunciados e Concluídos para o Espírito Santo”, referente ao período 2019-2024. O relatório reúne projetos públicos e privados com valor individual igual ou superior a R$ 1 milhão. O evento, transmitido pelo canal do IJSN no YouTube e contou com a participação de secretários de Estado e da gerente executiva do Instituto de Desenvolvimento Educacional e Industrial do Espírito Santo (Ideies), Marilia Silva.

De acordo com o levantamento, estão previstos investimentos na ordem de R$ 45,4 bilhões, distribuídos em 726 projetos em todas as microrregiões capixabas. O destaque vai para o Grande Setor da Indústria, que absorveu 92,5% dos investimentos anunciados, conforme à Classificação Nacional de Atividades Econômicas (CNAE/IBGE). O documento apresenta ainda os projetos concluídos, que somaram R$ 2,9 bilhões entre os anos de 2019 e 2020, reunidos em 216 empreendimentos pelo Estado.

O secretário de Estado de Economia e Planejamento, Álvaro Duboc, apontou como fatores decisivos para o sucesso no Espírito Santo uma gestão fiscal eficiente, desde 2012, e a estabilidade institucional na relação do Executivo com as demais instituições públicas, o setor produtivo e a sociedade civil, proporcionando um ambiente favorável para atração de investimentos e contribuindo para destacar o Estado no cenário nacional.

Duboc citou entre os investimentos estratégicos do Governo, projetos de mobilidade na Região Metropolitana, como o Portal do Príncipe, a ampliação da Terceira Ponte, a implantação do Sistema Aquaviário, além de ações na área de saneamento, que também beneficiam a população do interior do Estado.

Nesse sentido, o secretário ressaltou a diretriz de Governo de promover o desenvolvimento do Estado. Ele explicou que planos de ações vêm sendo elaborados para as microrregiões capixabas, no âmbito do Projeto Desenvolvimento Regional Sustentável (DRS-ES), visando à redução das desigualdades e o desenvolvimento regional integrado de forma equilibrada e sustentável do Espírito Santo.

O secretário de Estado de Inovação e Desenvolvimento, Tyago Hoffmann, salientou que o cenário econômico capixaba é promissor.

“O Governo do Estado tem um trabalho forte voltado para a economia e já estamos colhendo os frutos. Na Secretaria de Inovação e Desenvolvimento, nos dedicamos a qualificação de mão de obra, por meio do programa Qualificar ES, a ciência, a inovação e também à atração de empreendimentos”, pontuou.

Hoffmann prosseguiu:

“A Cacau Show e a WEG anunciaram, recentemente, investimentos que somam quase R$ 300 milhões, em Linhares. Juntas, as empresas vão gerar 460 empregos. Neste ano, acompanhamos cerca de 10 anúncios de novos projetos de empresas que chegam ao Estado ou estão em território capixaba e serão ampliados. Além destas novidades, nos últimos dias outra boa notícia foi a prorrogação até 2032 da validade dos incentivos fiscais, como o Invest-ES e o Compete-ES, que nos tornam ainda mais competitivos perante os demais estados. O Painel de Investimentos no Espírito Santo será mais uma ferramenta para que a população acompanhe a evolução e o crescimento do Estado.”

O diretor-presidente do Instituto Jones dos Santos Neves (IJSN), Daniel Cerqueira, destacou as dificuldades impostas pela pandemia do novo Coronavírus (Covid-19) e a importância de uma gestão equilibrada e transparente na superação dos desafios e atração de investimentos.

“Passamos um período dramático na história, acompanhado, infelizmente, por desinformação e fake news. No Espírito Santo, graças à liderança séria do governador Renato Casagrande, que conduziu esse momento com diálogo e integração entre as instituições, a academia, o empresariado e outros setores da sociedade, foi possível superarmos esses desafios. Com responsabilidade e transparência, o Estado se saiu melhor que as demais unidades da federação em diversos quesitos. E esses são fatores preponderantes na atração de investimentos e na promoção do desenvolvimento”, explicou Daniel Cerqueira.

Para o diretor de Integração do IJSN, Pablo Lira, o Espírito Santo tem uma condição diferenciada que é a promoção do desenvolvimento econômico e sustentável.

“Temos mecanismos que demonstram a solidez das políticas públicas, como o Fundo Soberano. São muitas condicionantes que atraem o investidor e fortalecem a economia capixaba”, disse Pablo Lira.

“O Espírito Santo tem uma grande vantagem que é a sinergia entre as instituições. Estamos em um estágio avançado que é o pacto pelo resultado, onde são estabelecidas metas, acordos e parcerias visando gerar externalidades positivas. O Espirito Santo é um Estado que planeja, que conversa e isso é fundamental para criar esse ambiente propício para a promoção de negócios”, argumentou a gerente executiva do Ideies, Marilia Silva.

Origem do capital

Do montante anunciado para o período 2019-2024, 58,2% tem origem no capital Privado Nacional, o que corresponde a R$ 26,4 bilhões, destinados a empreendimentos ligados, em especial, ao transporte rodoviário, construção civil, terminais portuários, energia elétrica e indústria alimentícia. O capital Estrangeiro representa 19,3% (R$ 8,8 bilhões), com projetos na área de petróleo e gás, terminais portuários e movimentação de cargas.

O investimento Público representa 16,8% do capital empregado no Espírito Santo para o período. A soma de R$ 7,6 bilhões está distribuída em 520 empreendimentos, o que resulta em um valor médio de R$ 14,7 milhões por projeto. Os destaques vão para melhoria na mobilidade rodoviária urbana e rural, saneamento, habitação, saúde, educação e segurança pública.

Desenvolvimento regional

Pela distribuição regional dos 726 projetos previstos, o estudo mostra que a maior parte se encontra nas regiões litorâneas do Estado, como é o caso das microrregiões Metropolitana (303 projetos), Rio Doce (91 projetos), Litoral Sul (53 projetos) e Nordeste (61 projetos). Isso representa R$ 42,7 bilhões em investimentos anunciados em território capixaba, ou cerca de 94% do total.

Em relação às demais microrregiões, os investimentos previstos, em grande parte com projetos de infraestrutura, têm origem no capital público e são, conforme avaliação dos organizadores da pesquisa, fundamentais para criar um cenário propício ao desenvolvimento regional do interior do Estado.

Painel Investimentos no ES

Na apresentação do Caderno de Investimentos 2019-2024 foi lançado também o Painel Investimentos no Espírito Santo. A proposta é facilitar o acesso aos dados coletados no estudo, permitindo ao usuário obter, de forma transparente, informações dos valores anunciados e concluídos por período, por município e por microrregião. A ferramenta permite ainda consultas como a participação por origem do capital, por projetos e também por setor, de acordo com a CNAE 2.0.

O acesso ao Painel Investimentos no Espírito Santo pode ser feito clicando aqui.

O documento completo, com a análise da Coordenação de Estudos Econômicos do IJSN, pode ser acessado aqui. (As informações são da IJSN)

Leia também:

Banestes tem condições especiais para negociação de dívidas
IBGE: PIB cresceu 1,2% em 2019, chegando a R$ 7,389 trilhões
CNC: endividamento das famílias cresce menos em outubro
CNI indica piora no cenário do setor industrial em setembro
Produção industrial brasileira cai 0,4% em setembro, diz IBGE
A procura das empresas por crédito cresce 16,1% no Brasil
Presidente da Febraban defende autonomia do Banco Central
Limitações nas cadeias produtivas devem perdurar até 2022
Petrobras rebate Bolsonaro e diz que não antecipa reajustes
Mercado financeiro estima inflação de 9,17% para este ano
Fraudes contra os clientes de bancos crescem 165% em 2021

TAGS:
INVESTIMENTOS | IJSN | PROJETOS | 2024 | GOVERNO/ES