Linha de crédito para empresas do Setor de Turismo de Serra

Para mais informações, os empresários devem procurar uma agência da Caixa Econômica.

Em 05/04/2021 Referência CCNEWS, Redação Multimídia

Foto: Fernanda Neves/Secom-PMS

Para ter direito ao recurso, os empresários devem ter registro no Cadastro Nacional de Pessoas Físicas do Setor (Cadastur)

As micro, pequenas e médias empresas  do setor de turismo do município de Serra terão direito à linha de crédito durante o período de pandemia. 

O anúncio foi feito na última semana pela Caixa Econômica Federal, uma das financeiras credenciadas junto ao Fundo Geral do Turismo (Fungetur) e tem a parceria do Ministério do Turismo.

Antes, da crise sanitária, esse crédito só era liberado para empresas com faturamento mínimo de R$ 4,8 milhões.

O secretário municipal de Turismo, Cultura, Esporte e Lazer, Thiago Carreiro, ressaltou a importância da iniciativa do Governo Federal por meio do Ministério do Turismo e Caixa Econômica em disponibilizar linha de financiamento diferenciada para o setor de turismo.

“E uma ótima oportunidade para os micros, pequenos médios empresários do turismo do município da Serra para alavancarem seus negócios e se prepararem para a retomada do segmento no período pós-pandemia. O benefício contempla hotéis, pousadas e restaurantes, entre outros empreendimentos". 

No total, são R$ 1,2 bilhões disponibilizados para a contratação de capital de giro para esses empreendedores que atuam no setor turístico. Para ter direito ao recurso, os empresários devem ter registro no Cadastro Nacional de Pessoas Físicas do Setor (Cadastur) e ter mais de 12 meses de registro.

Para mais informações, os empresários devem procurar uma agência da Caixa. 

Segundo informações do Ministério do Turismo, entre 2020 e 2021, os recursos da Fungetur liberaram acesso ao crédito para cerca de 3.474 empresas, tendo 3.561 contratos assinados, um número maior em relação aos anos anteriores. 

O Fungetur é uma linha de financiamento operada com recursos do Ministério do Turismo, devido ao cenário de crise provocado pela pandemia da Covid-19. O crédito é usado para auxiliar empreendimentos turísticos de todo o país. Ao todo, são 29 instituições financeiras  credenciadas junto no Programa. 

TAGS:
VIAGENS   |   TURISMO   |  SAÚDE   |  EMPREGOS   | CIDADE   |   ESPORTES   |   ECONOMIA