Maio Amarelo: Vitória realiza ações para educação no trânsito

Campanha Maio Amarelo promove uma série de ações educativas para um trânsito seguro.

Em 04/05/2021 Referência CCNEWS, Redação Multimídia

Foto: Jansen Lube/PMV

Equipes orientam motoristas, ciclistas, motociclistas e pedestres em feiras livres e cruzamentos de grande movimento na cidade.

Com o objetivo de alertar a sociedade para a prevenção a acidentes de trânsito na capital, a Prefeitura de Vitória deu início a uma série de ações educativas da campanha Maio Amarelo. 

Nas abordagens, equipes da Secretaria Municipal de Transportes, Trânsito e Infraestrutura Urbana (Setran) e da Guarda Municipal conscientizam as pessoas sobre o alto índice de mortos no trânsito brasileiro, além do número de sequelas graves.

Neste último final de semana, as feiras livres de Jardim da Penha, Maria Ortiz e Gurigica receberam as ações, que não param. 

Ambulatório

No ambulatório Ilza Bianco, na quarta-feira (5), das 7 às 10 horas, haverá distribuição de panfletos com orientação de uso da faixa de segurança e importância da sinalização de trânsito. 

O local recebe diariamente dezenas de pacientes que chegam do interior do Estado. Também serão oferecidos kits contendo álcool em gel e itens de higiene bucal, além de canetas e flor.

Abordagens

Já na quinta (6), haverá abordagem a motoristas na avenida Marechal Campos (próximo ao Epa), das 16 às 18 horas. A equipe da Setran dará informações sobre a mudança da lei de trânsito que protege os ciclistas. Pela nova legislação, os condutores que deixarem de reduzir a velocidade receberão multa por infração gravíssima. Também haverá distribuição de álcool em gel.

No dia 10 de maio, a ação será na avenida Nossa Senhora da Penha (ao lado do Centro da Praia), das 16 às 18 horas. Haverá orientação aos condutores sobre as mudanças nas leis com ênfase no artigo que trata da substituição de pena para motoristas embriagados que causam acidentes com lesão ou morte. Também haverá distribuição der material informativo e álcool personalizado.

Rodoviária e aeroporto

A rodoviária de Vitória terá ação no dia 11 de maio, das 14 às 16 horas. O público-alvo serão os motoristas de aplicativo. A orientação será para uso do cinto de segurança tanto para motoristas quanto para os passageiros, pois o equipamento de segurança salva vidas.

Já no dia 12 de maio, os técnicos estarão no aeroporto de Vitória, das 14 às 16 horas. Haverá abordagem direta aos taxistas, que também serão orientados sobre uso de cinto de segurança. Também haverá distribuição de material de proteção contra contágio.

Passeio ciclístico

No dia 13 de maio, haverá passeio ciclístico na avenida Dante Michelini, das 17 às 19 horas. Já no dia 18 de maio, na avenida Maruípe, a abordagem vai tratar da proteção ao ciclista e da necessidade de respeito às leis de trânsito. No mesmo dia, terá ação na avenida Vitória (próximo ao Bando Santander), das 16 às 18 horas.

No dia 21, a equipe atuará na avenida Jerônimo Monteiro, das 16 às 18 horas.

Hospital

Nos dias 25 e 29 de maio, das 14 às 16 horas, a ação será realizada no Hospital de Urgência e Emergência de Vitória, antigo São Lucas. Grande parte dos pacientes atendidos no hospital sofreu traumas no trânsito. Haverá distribuição de folhetos, álcool e brindes.

Dados

Conforme dados do Observatório Nacional do Trânsito, anualmente morrem mais de 40 mil pessoas e 400 mil ficam com algum tipo de sequela.

Programação 

5 de maio
Laboratório Ilza Bianco
Das 7 às 10 horas

Avenida Marechal Campos (próximo ao Epa)
Das 16 às 18 horas

10 de maio
Avenida Nossa Senhora da Penha (ao lado do Centro da Praia)
Das 16 às 18 horas

11 de maio
Rodoviária de Vitória
Das 14 às 16 horas

12 de maio
Aeroporto de Vitória
Das 14 às 16 horas

13 de maio
Ciclovia de Camburi
Das 17 às 19 horas

18 de maio
Avenida Maruípe
Das 7 às 10 horas

Avenida Vitoria (próximo ao Banco Santander)
Das 16 às 18 horas

21 de maio
Avenida Jerônimo Monteiro
Das 16 às 18 horas

25 a 29 de maio
Hospital São Lucas
Das 14 às 16 horas

TAGS:
AUXÍLIO | EMERGENCIAL | POLÍTICA | SAÚDE | EMPREGOS | CIDADE | PANDEMIA | COVID-19