Ministério registra recorde de apreensão de cocaína em 2021

Segundo o Ministério da Justiça, mais de 18 toneladas foram apreendidas no ano passado

Em 14/01/2022 Referência CCNEWS, Redação Multimídia

Foto: © Fabio Rodrigues Pozzebom/Agência Brasil

Os dados também mostram que o trabalho do programa resultou em R$ 2 bilhões em prejuízo aos criminosos, incluindo a apreensão cigarros contrabandeados, barcos e veículos.

O Ministério da Justiça e Segurança Pública anunciou que foi registrada apreensão recorde de cocaína em 2021. De acordo com dados do Programa Nacional de Segurança nas Fronteiras e Divisas (VIGIA), houve aumento de 125% de apreensões em relação ao ano de 2020.

Segundo a pasta, mais de 18 toneladas foram apreendidas no ano passado. O material é avaliado em R$ 620 milhões. Em 2020, oito toneladas de cocaína foram apreendidas.

A maioria das apreensões ocorreu na Região Centro-Oeste (12 toneladas).

Os dados também mostram que o trabalho do programa resultou em R$ 2 bilhões em prejuízo aos criminosos, incluindo a apreensão cigarros contrabandeados, barcos e veículos.

O Programa Vigia está em 14 estados e tem objetivo de fortalecer o combate à criminalidade, por meio da integração de operações, capacitação e compra de equipamentos. (Agência Brasil)

Leia também:

Defesa Civil remove 80 famílias de área de risco em Ouro Preto
ArcelorMittal lança Edital de Apoio a Associações de Moradores
Criminosos aplicam golpes usando Pix e tecnologia QR Code
Rússia inicia retirada de tropas militares do Cazaquistão
Terapia pode ajudar as famílias no desenvolvimento das crianças
Detran|ES alerta para golpes relacionados a leilão de veículos
Procon-ES dá dicas para a compra dos materiais escolares
Viana inaugura 1º campo de lúpulo experimental municipal
Quebec planeja cobrar imposto adicional de não vacinados
Itens de 1ª necessidade tem variação de 215% em janeiro

TAGS:
MINISTÉRIO DA JUSTIÇA | COCAÍNA | 2021 | APREENSÃO RECORDE | CENTRO-OESTE