Município de Linhares é destaque no agronegócio capixaba

Em Linhares, o agronegócio sempre teve papel importante na história e economia da cidade.

Em 27/08/2021 Referência CCNEWS, Redação Multimídia

Foto: Felipe Tozatto - Secom/PML

Mantendo-se entre os maiores produtores de café do Espírito Santo, o Município tem apostado na diversificação das culturas, fomentado com a implantação do Programa Municipal de Fruticultura

Em Linhares, o agronegócio sempre teve um papel importante na história e economia da cidade. Mantendo-se entre os maiores produtores de café do Espírito Santo, o Município tem apostado na diversificação das culturas, fomentado com a implantação do Programa Municipal de Fruticultura, e atraído olhares para instalação de empreendimentos como a Café Cacique e a Olam, com a produção de café solúvel, a Fimag, fabricante de equipamentos para beneficiamento de grãos, a Agro Trop para extração da polpa das frutas, e a Craf Brasil, que vai envasar sorvete na casca da própria fruta.

O secretário de Agricultura, Franco Fiorot, pontuou que desde 2017 os investimentos do poder público, no setor agrícola, caminham a passos largos com o Plano Agro, visando o fomento à produção do homem do campo em diversos segmentos.

“O conceito adotado em 2017 foi pensar em uma secretaria estratégica não só com o apoio de máquinas, mas com a implantação de programas estratégicos para nortear a execução de diversas ações, com planejamento e gerenciamento eficientes, com diálogo permanente com a comunidade, para gerar resultados a médio e longo prazos. E os resultados iniciais são expressivos do ponto de vista dos recursos naturais (água e solo), da diversificação rural, a exemplo da inovação da fruticultura no município que está se consolidando nas comunidades rurais, agregação de valor e a instalação de grandes empreendimentos na cidade, acompanhado todo esse desenvolvimento”, disse o secretário.

Uma iniciativa, implantada há dois anos, foi Programa Municipal de Fruticultura que criou cinco polos englobando cultivo da uva, limão, goiaba, açaí e cajá manga anão, visando diversificar a economia de quem vive da agricultura familiar, com o aproveitamento de pequenas porções de terra nas propriedades. Apesar de novo, o polo de cajá, que já produziu seus primeiros frutos, já conquistou o mercado consumidor nacional.

Na cafeicultura, via Programa Linhares Coffee, o município conta com ações que visam a melhoria da produção e da qualidade do café, a exemplo do concurso que está em sua 4ª edição, dos dias de campo e da assistência técnica e gerencial ofertadas. No setor cacaueiro o Programa de Revitalização das Áreas Produtoras de Cacau de Linhares tem incentivado a retomada da atividade, – prejudicada há anos com a doença vassoura de bruxa, – com a distribuição de 60 mil mudas de cacau subsidiadas e outras 50 mil com abertura de novo edital, além de assistência técnica junto ao Senar, e a realização do Concurso da Qualidade de Amêndoas de Cacau Capixaba, que está na sua 5ª edição.

Barragens

Até o momento, 15 barragens já foram inauguradas no Programa Municipal de Água e Solo de Linhares e outras quatro serão entregues em breve. Juntas, os 19 reservatórios têm capacidade para armazenar mais de 413 milhões de litros d’água, beneficiando diretamente mais de 70 famílias de produtores rurais, muitos deles já passaram por crises por déficit de água perdendo até mesmo toda a sua produção.

Caixas secas

A Secretaria Municipal de Agricultura já construiu mais de 6 mil caixas secas no interior do município que têm capacidade para armazenar 243 milhões de litros d’água. As caixas são reservatórios de água escavados às margens das estradas vicinais do interior que ajudam na conservação das estradas, na preservação dos rios e dos carreadores, trazendo melhorias para o lençol freático e segurando mais a erosão. A Secretaria de Agricultura também segue um cronograma para manutenção dessas caixas que é tão importante quanto sua construção. (Por: Valda Pessotti Ravani-Ascom/PML)

Leia também:

> Divino de São Lourenço realiza II Mostra de Cafés de Qualidade
Sefaz lança cartilha com passo a passo para adesão ao Refis
Empresária une estética e bem-estar no tratamento capilar
Quatro dias: Feira Sabores da Terra movimentou R$ 1 milhão
Sefaz apresenta Refis 2021 para setor de rochas do Estado
Prefeitura de Serra oferece curso de capacitação de vendas
Feira Sabores da Terra 2021 vai até dia 1º na Praça do Papa
MEI, ME, EPP: Governo do Estado lança Projeto Compre do ES
Governador sanciona Lei do Refis para empresas capixabas
Dispensa de certidões amplia acesso ao crédito do Bandes
Preço da mortadela tem variação de 348%, diz Procon Vitória
Vitória: Preço da caixa de máscaras aponta variação de 191%
Aberto o edital para expositores na Feira Sabores da Terra
Aderes inicia estudo econômico do Turismo do Caparaó
Casagrande encaminha PL do Refis à Assembleia Legislativa
Produtora rural aposta na tecnologia e reduz custo da energia
PIB capixaba avança 0,7% no 1º trimestre puxado pelo varejo
Indústria capixaba cresceu 1,1% no 1° trimestre, diz IAE-Findes
Procon de Vitória inicia Mutirão de Dívidas com 471 atendidos

TAGS:
CAFÉ | INCAPER | FEIRA | REFIS | ICMS | INDÚSTRIA | SERVIÇOS | DÍVIDAS | ECONOMIA | CIDADE | EMPREGOS