Nem Verstappen, nem Hamilton; Ricciardo vence GP da Itália

Daniel Ricciardo teve um domingo brilhante neste incrível GP de F1, em Monza, na Itália.

Em 12/09/2021 Referência CCNEWS, Redação Multimídia

Foto: McLaren / Grande Prêmio

O que era impensável aconteceu neste domingo (12). Daniel Ricciardo venceu o GP da Itália e Lando Norris terminou em segundo, com direito a 1-2 da McLaren. Lewis Hamilton e Max Verstappen bateram de novo.

Assim como aconteceu em 2020, o GP da Itália deste ano foi imprevisível, cheio de momentos memoráveis e com um resultado fora da curva. Depois de quase dez anos, a McLaren enfim voltou a vencer na Fórmula 1. Daniel Ricciardo, que não triunfava desde o GP de Mônaco de 2018, alcançou o topo do pódio com uma jornada épica e incrível em um domingo (12) que proporcionou uma dobradinha histórica para a equipe de Woking com Lando Norris em segundo lugar na incrível prova em Monza. Desde o GP do Brasil de 2012, vencido por Jenson Button, que a McLaren não vencia uma prova. E desde o GP do Canadá de 2010 que uma das mais vitoriosas escuderias da F1 não marcava uma dobradinha. 12 de setembro de 2021, um dia histórico para a Fórmula 1.

E para completar a atuação gigantesca, Ricciardo ainda coroou o domingo com a volta mais rápida da corrida. Um dia histórico para a carreira do piloto mais carismático da F1 atual.

O GP da Itália também marcou mais um capítulo da grande batalha pelo título e com um momento bastante tenso com outra batida entre os dois protagonistas da temporada, Lewis Hamilton e Max Verstappen. Salvo pelo halo em um acidente estranho, o heptacampeão abandonou, assim como o líder do campeonato.

Sergio Pérez terminou em terceiro na pista, mas o mexicano foi punido em 5s por ter cortado caminho ao passar (e não devolver a posição para) Charles Leclerc. Assim, o último degrau no pódio ficou para Valtteri Bottas, que fez excepcional corrida depois de largar em último no grid. Charles Leclerc finalizou em quarto, enquanto 'Checo' foi declarado quinto colocado. Carlos Sainz, companheiro de equipe de Leclerc na Ferrari, foi o sexto, à frente da Aston Martin de Lance Stroll. Fernando Alonso concluiu a prova em oitavo, enquanto George Russell voltou aos pontos, em nono, e Esteban Ocon completou a relação dos dez primeiros.

A Fórmula 1 volta a acelerar daqui a duas semanas, entre 24 e 26 de setembro, com o GP da Rússia, prova que acontece no circuito montado no Parque Olímpico de Sóchi.

Resultado do GP de Monza:
1) Daniel Ricciardo (McLaren/Mercedes)
2) Lando Norris (McLaren/Mercedes)
3) Valtteri Bottas (Mercedes)
4) Charles Leclerc (Ferrari)
5) Sergio Pérez (Red Bull/Honda)
6) Carlos Sainz Jr. (Ferrari)
7) Lance Stroll (Aston Martin/Mercedes)
8) Fernando Alonso (Alpine/Renault)
9) George Russell (Williams/Mercedes)
10) Esteban Ocon (Alpine/Renault)
11) Nicholas Latifi (Williams/Mercedes)
12) Sebastian Vettel (Aston Martin/Mercedes)
13) A.Giovinazzi (Alfa Romeo/Ferrari)
14) Robert Kubica (Alfa Romeo/Ferrari)
15) Mick Schumacher (Haas/Ferrari)
DNF) Nikita Mazepin (Haas/Ferrari)
DNF) Lewis Hamilton (Mercedes)
DNF) Max Verstappen (Red Bull/Honda)
DNF) Pierre Gasly (AlphaTauri/Honda)
DNF) Yuki Tsunoda (AlphaTauri/Honda)

Mundial depilotos:
1) Max Verstappen, 226,5 pts
2) Lewis Hamilton, 221,5
3) Valtteri Bottas, 141
4) Lando Norris, 132
5) Sergio Pérez, 118
6) Charles Leclerc, 104
7) Carlos Sainz Jr., 97,5
8) Daniel Ricciardo, 83
9) Pierre Gasly, 66
10) Fernando Alonso, 50 - (Por Fernando Silva/Grande Prêmio e Gabriel Gavinelli/Fórmula 1 Mania)

Leia também:

Bottas vence corrida sprint, mas Verstappen herda pole na Itália
Bottas larga na frente em corrida sprint da F1 em Monza
Flamengo contrata zagueiro David Luiz até dezembro de 22
Brasil vence Peru por 2 x 0 e mantém 100% nas Eliminatórias
Alison dos Santos é prata na etapa de Zurique da Diamond
Japão desiste de organizar Mundial de Clubes por pandemia
CPB quer acesso às imagens que tiraram ouro de brasileiro
Equipe Williams de F1 confirma Albon para o lugar de Russell
Fifa abre processo disciplinar contra Brasil e Argentina
George Russell substitui Valtteri Botas na equipe Mercedes
Pelé foi operado em SP para retirada de um tumor no cólon
Delegação argentina foi informada a tempo sobre irregularidade

TAGS:
GP DE MANZA | DANIEL RICCIARDO | MACLAREN | LANDO NORRIS | ITÁLIA | FÓRMULA 1 | CORRIDA