Pasolini assina a ordem de serviço para reforma de escola

Será obra de ampliação e reforma das instalações elétricas da Escola Juscelino Kubitschek.

Em 28/04/2021 Referência CCNEWS, Redação Multimídia

Foto: Leonardo Silveira/PMV

"Esta é a quarta ordem de serviço, em quatro meses, somente na área da Educação, o que demonstra o nosso compromisso com uma educação transformadora", destacou o prefeito de Vitória, Lorenzo

A modernização dos espaços físicos da rede municipal de ensino é uma prioridade da atual administração da Prefeitura de Vitória. Tendo como diretriz uma educação pública de qualidade para todos os estudantes matriculados nas 102 unidades da capital, a Secretaria de Educação de Vitória (Seme) assinou, nesta terça-feira (27), a ordem de serviço para a obra de ampliação e reforma das instalações elétricas da Escola Municipal de Ensino Fundamental (Emef) Juscelino Kubitschek de Oliveira, localizada em Maria Ortiz.

O investimento é de R$ 371.908,12, com prazo de conclusão de 90 dias. A Emef atende a 733 estudantes do 1º ao 9º ano do Ensino Fundamental e da Educação de Jovens e Adultos (EJA).

"Esta é a quarta ordem de serviço, em quatro meses, somente na área da Educação, o que demonstra o nosso compromisso com uma educação transformadora. Por isso, a nossa persistência em adotar medidas de austeridade e compromisso fiscal. Persisto, dia após dia, no combate a toda e qualquer forma de desperdício, desvio ou má utilização do dinheiro público, para poder, neste momento, investir com recursos próprios. Os aparelhos de ar-condicionado ficaram três anos aqui, dentro de caixas, e em 90 dias eles estarão instalados e funcionando nas salas de aula", destacou o prefeito de Vitória, Lorenzo Pazolini.

Melhoria da aprendizagem

Prefeito de Vitória, Lorenzo Pazolini, assinou a ordem de serviço para reforma da rede elétrica da Emef Juscelino Kubitschek de Oliveira. Foto: Leonardo Silveira/PMV

A secretária municipal de Educação, Juliana Rohsner, ressaltou que a ampliação da rede elétrica da Emef vai propiciar a instalação de aparelhos de ar-condicionado, contribuindo para a melhoria do desempenho escolar dos estudantes e para a redução de eventos de desconcentração dos estudantes.

"Essa reforma é para dar mais qualidade para a educação, pensando no ensino em sala de aula. O bom clima escolar favorece a aprendizagem. A Seme está trabalhando para que todas as nossas crianças aprendam. Colocar um ar-condicionado numa sala de aula é propiciar um ambiente favorável para que nossos estudantes tenham uma condição melhor de aprendizagem", disse.

O diretor da unidade de ensino, Amarildo Menezes, agradeceu pela tão aguardada reforma.

"A educação perpassa não apenas questões cognitivas, mas também por infraestrutura, para que nossos estudantes se sintam bem e acolhidos. Por isso, agradecemos por este momento".

Quem também celebrou a ordem de serviço foi o presidente da Associação de Moradores de Maria Ortiz, Mário Jorge, cujas duas filhas estudaram na escola e onde ele já atuou como professor de teatro.

"É um marco histórico saber que a Prefeitura está junto conosco. Duas filhas minhas estudaram aqui. Nos anos 90, eu dei aula de teatro aqui. Obrigado por olharem dessa forma para nossa comunidade".

A obra

A ampliação e reforma na parte elétrica são necessárias para que seja possível a instalação de aparelhos de ar-condicionado nas 16 salas de aula da escola.

A obra prevê instalação de um novo padrão de entrada de energia com subestação aérea de 225 KVA-13,8 KV – 220/127 V, bem como novos quadros de distribuição e toda infraestrutura de eletrodutos e cabos elétricos, além da pintura das salas de aula.

TAGS
VITÓRIA | EDUCAÇÃO | SAÚDE  | EMPREGOS | ESPORTES | CIDADE | ECONOMIA | IVESTIMENTOS