Presidente da Itália se reúne com Merkel e volta a defender UE

O presidente da Itália, Sergio Mattarella, foi recebido hoje (12) por Frank-Walter Steinmeier.

Em 12/10/2021 Referência CCNEWS, Redação Multimídia

Foto: Reprodução/Rádio Italiana

Segundo o chefe de Estado italiano, durante a viagem foi celebrado “um acordo muito forte entre a Itália e a Alemanha com a firme determinação de continuá-lo”.   

O presidente da Itália, Sergio Mattarella, foi recebido nesta terça-feira (12) por seu homólogo alemão, Frank-Walter Steinmeier , e pela chanceler Angela Merkel, e voltou a defender a importância de uma coesão social na União Europeia.

“É hora de recomeçar. Estamos lançando as bases para um futuro da UE que deve ser mais forte e coeso”, disse Mattarella, nas instalações da embaixada italiana na Alemanha em Berlim.   

Segundo o chefe de Estado italiano, durante a viagem foi celebrado “um acordo muito forte entre a Itália e a Alemanha com a firme determinação de continuá-lo”.   

“As energias dinâmicas dos nossos dois países – a todos os níveis, desde as autoridades centrais às locais – visam a crucial recuperação econômica e social. Este é precisamente o momento do reinício”, enfatizou.   

Mattarella defendeu que Itália e Alemanha enfrentam um desafio de construir em conjunto “um projeto de futuro” que seja bilateral e europeu e que se mostre à altura das aspirações dos cidadãos, além de ser capaz de dar resposta às expectativas das gerações mais novas.   

“Percorrer este caminho significa também ter interiorizado as lições da história. A Alemanha e a Itália empenham-se há décadas numa análise rigorosa do passado. Juntos temos momentos de verdade vividos”, explicou.   

Por fim, o presidente italiano lembrou que “assegurar à Europa um papel mais destacado em matéria de política externa e de defesa comum é, de fato, do interesse de todos os Estados-membros, grandes ou pequenos”.   

Para Steinmeier, por sua vez, a Europa precisa de uma Itália confiável e forte, e Mattarella é “um europeísta convicto” que garante que o país “continua a ser parceiro forte e confiável” no bloco.   

Após o encontro com Steinmeier e Merkel, Mattarella participou de uma cerimônia de entrega do “prêmio dos presidentes pela cooperação municipal entre a Alemanha e a Itália” à Embaixada italiana. (ANSA)

Leia também:

> EUA: Sistema tributário precisa funcionar para a classe média
Confrontos em protestos na Itália deixam presos e feridos
Neta de Mussolini se torna a campeã de votos em Roma
Em outro teste, Coreia do Norte dispara novo míssil antiaéreo
Fumio Kishida, um político de consenso para dirigir o Japão
Joe Biden recebe a terceira dose da vacina contra covid-19
Alemanha entra em período de incerteza após eleição apertada
Alemanha vai às urnas para eleger o sucessor de Angela Merkel
Alemanha se prepara para votação do fim da era Merkel
Biden assegura que EUA "não procuram nova guerra fria"

TAGS:
ALEMANHA | ITÁLIA | SÉRGIO MATTARELLA | ANGELA MERKEL | ENCONTRO | ACORDO | COESÃO