Produção industrial da China registrou alta anual de 35,1%

No 1º trimestre, o resultado superou expectativa de economistas consultados pelo Wall Street

Em 15/03/2021 Referência CCNEWS, Redação Multimídia

Foto: Reprodução/China Link Trading

Na comparação com o primeiro bimestre de 2019, a produção industrial avançou 16,9%.

A produção industrial chinesa do primeiro bimestre de 2021 cresceu 35,1% em relação a igual período de 2020, informou o Escritório Nacional de Estatísticas (NBS, na sigla em inglês) do país neste domingo, 14 (pelo horário de Brasília). O resultado superou a expectativa de economistas consultados pelo Wall Street Journal, que previam alta de 30,5%.

Na comparação com o primeiro bimestre de 2019, a produção industrial avançou 16,9%. Na margem, em fevereiro, o indicador avançou 0,69%. As vendas do varejo da China avançaram 33,8% no primeiro bimestre do ano em relação ao mesmo período de 2020, segundo o NBS. O setor também superou as previsões de economistas, que esperavam um crescimento de 31,3% das vendas. Na comparação com os dois primeiros meses de 2019, o resultado equivale a uma alta de 6,4%.

Os investimentos em ativos fixos tiveram alta de 35,0% no período, na comparação interanual, aquém das previsões de crescimento de 38,2%. Segundo o NBS, o resultado equivale a uma expansão de 3,5% em relação ao primeiro bimestre de 2019. (Dow Jones Newswires)

TÓPICOS:

ECONOMIA   |  POLÍTICA INTERNACIONAL   |   SAÚDE   |   EMPREGOS & ESTÁGIO   | CIDADE