São Paulo estreia vencendo o Sporting Cristal na Libertadores

São Paulo estreou na Copa Libertadores de 2021 com pé direito e venceu por 3 x 0, em Lima.

Em 21/04/2021 Referência CCNEWS, Redação Multimídia

Foto: Martin Mejia

A equipe comandada por Hernán Crespo fez mais uma partida segura e saiu de campo com a vitória por 3 a 0, gols de Luan, Benítez e Eder.

O São Paulo estreou na Copa Libertadores de 2021 com o pé direito na noite desta terça-feira (20). Visitando o Sporting Cristal no Estádio Nacional de Lima, no Peru, pela primeira rodada do Grupo E da competição, a equipe comandada por Hernán Crespo fez mais uma partida segura e saiu de campo com a imponente vitória por 3 a 0, gols de Luan, Benítez e Eder, resultado que acabou com uma longa invencibilidade dos donos da casa.

O Sporting Cristal não perdia havia quase sete meses. Foram 21 partidas sem um resultado negativo neste período, sendo 16 vitórias e apenas cinco empates. O São Paulo, por sua vez, chegou ao quinto triunfo consecutivo mesmo vindo de uma dura sequência de jogos pelo Campeonato Paulista - quatro em uma semana.

O São Paulo volta a entrar em campo pela Libertadores na próxima quinta-feira, contra o Rentistas, do Uruguai, no Morumbi, às 21h (de Brasília). Antes, o São Paulo terá pela frente o Santo André, nesta sexta, e o Ituano, domingo, pelo Campeonato Paulista.

O jogo - O São Paulo começou a partida ligado. Cada vez mais certo do que tem que fazer em campo, o time comandado por Hernán Crespo marcou pressão e, por isso, desarmava rapidamente os adversários. Além da aplicação na defesa, o Tricolor também estava afiado no ataque, mas faltava calibrar o pé. Aos seis minutos, Benítez foi conduzindo a bola e decidiu experimentar de fora da área, mas mandou por cima do gol.

O Sporting Cristal respondeu com Ávila, aos 12. O jogador tabelou com Riquelme e bateu de longe, cruzado, forçando grande defesa de Tiago Volpi para evitar o primeiro gol dos donos da casa.

Mas, quis o destino que o São Paulo abrisse o placar aos 16 minutos. Melhor na partida, a equipe visitante foi premiada com a vantagem no placar graças ao gol de Luan, que aproveitou a sobra para bater mascado da entrada da área e, mesmo assim, vencer o goleiro do Sporting Cristal.

E o São Paulo só não ampliou pouco depois porque Duarte estava ligado para fazer excelente defesa após cruzamento de Daniel Alves e cabeceio de Reinaldo, como manda a cartilha do bom centroavante.

Daí em diante o ritmo de jogo caiu por parte do Tricolor. O Sporting Cristal, por sua vez, cresceu com o recuou do adversário, mas, no terço final do campo, não encontrava brechas. O São Paulo, por sua vez, preferia apostar no toque de bola para não ser ameaçado e ir para o intervalo em vantagem.

Segundo tempo

Não satisfeito com a vitória parcial por 1 a 0, o São Paulo voltou para o segundo tempo com a mesma energia da etapa inicial. Logo aos nove minutos, os comandados de Hernán Crespo por pouco não ampliaram. Após boa troca de passes, Daniel Alves recebeu com liberdade pela direita, mas demorou para decidir a sequência da jogada e acabou optando por tocar para Luan, que chegou batendo de primeira, mandando rente ao travessão.

Já o Sporting Cristal só conseguia ameaçar os visitantes através dos chutes de longa distância. Sem brechas para infiltrar na defesa, a equipe celeste quase empatou em uma dessas finalizações de fora da área, mas Tiago Volpi fez a defesa.

O São Paulo era mais afinado e passou a gostar do jogo. Assim, não demorou para o segundo gol se concretizar. Aos quinze minutos, Luan fez o desarme já no campo de ataque, Benítez ficou bom a bola e arriscou de fora da área, no cantinho. A bola ainda beijou a trave antes de morrer no fundo das redes.

Antes do apito final, o São Paulo ainda teve diversas chances para ampliar, primeiro em cruzamento rasteiro de Luciano para Eder, depois com Daniel Alves, que saiu na cara do gol, mas chutou para fora. Só que de tanto insistir, o Tricolor, enfim, chegou ao terceiro gol aos 35 minutos. Reinaldo recebeu pela esquerda, fez boa jogada e cruzou na medida para Eder chegar completando de primeira, fechando os trabalhos na capital peruana e garantindo a imponente vitória são-paulina na Libertadores.

Ficha técnica

SPORTING CRISTAL (PER) 0 X 3 SÃO PAULO

Local: Estádio Nacional de Lima, em Lima (Peru)

Data: 20 de abril de 2021, terça-feira

Horário: 21h30 (de Brasília)

Árbitro: Andrés Cunha (URU)

Assistentes: Andrés Nievas (URU) e Pablo Llarena (URU)

Gol: Luan, aos 16 do 1ºT, Benítez, aos 15 do 2ºT, Eder, aos 35 do 2ºT (São Paulo)

Cartões amarelos: Léo (2), Bruno Alves (São Paulo); Calcaterra, Lora (Sporting Cristal)

Cartão vermelho: Léo

SÃO PAULO: Tiago Volpi; Arboleda (Miranda), Bruno Alves e Léo; Daniel Alves, Luan, Liziero (William), Benítez (Igor Gomes) e Reinaldo; Pablo (Eder) e Luciano (Rodrigo Nestor). Técnico: Hernán Crespo.

SPORTING CRISTAL: Alejandro Duarte; Johan Madrid (Lora), Omar Merlo. Alejandro Gonzales e Nulson Lyola; Calcaterra, Martin Távara (Hohberg) e Christofer Gonzales; Washington Corozo, Irven Ávila (Pretell) e Marcos Riquelme. Técnico: Roberto Musquera.  (Gazeta Esportiva)

TAGS
SÃO PAULO FC   |   LIBERTADORES    |   TÓQUIO 2020   |   SUPERLIGA   |   UEFA   |   F1   |   AUTOMOBILISMO