Sedu divulga balanço das ações da Educação do ES em 2020

Encontro on-line contou com a participação de subsecretários, superintendentes regionais

Em 22/12/2020 Referência CCNEWS, Redação Multimídia

Foto: Divulgação/Secom-ES

De acordo com o secretário Vitor de Angelo, o ano de 2020 foi desafiador e exigiu uma reinvenção das ações voltadas à educação.

Durante uma reunião de trabalho, realizada na manhã desta segunda-feira (21), o secretário de Estado da Educação, Vitor de Angelo, fez um balanço das entregas da Secretaria da Educação (Sedu) neste ano de 2020 e falou dos desafios para o próximo ano. O encontro on-line contou com a participação de subsecretários, superintendentes regionais, gerentes e subgerentes da Secretaria.

De acordo com o secretário Vitor de Angelo, o ano de 2020 foi desafiador e exigiu uma reinvenção das ações voltadas à educação.

“Todo o nosso planejamento precisou ser revisto e readaptado para o novo momento, e contamos com o envolvimento de todos os servidores hoje representados, aos quais quero agradecer. Nosso planejamento é voltado para a escola e, a partir do momento em que ela se fecha, estratégias precisam ser revistas. Desenvolvemos o Programa EscoLAR, que foi o vetor por meio do qual viabilizamos nossas ações pedagógicas. Olhando para trás percebemos que fizemos muito. O EscoLAR foi o Programa mais recente e que acabou ocupando um lugar de destaque”, disse Vitor de Angelo.

O secretário destacou ainda algumas medidas fundamentais adotadas pela Sedu, de enfrentamento à pandemia do novo Coronavírus (Covid-19).

“Não estão na carteira de projetos da Sedu, mas foram ações importantes pelo envolvimento de profissionais da educação com ações que ajudaram diversas famílias capixabas. Estou me referindo ao fornecimento das cestas básicas e a destinação de recursos para que as escolas adquirissem insumos sanitários necessários”, destacou.

Por fim, o gestor lembrou que os desafios para 2021 são grandes e que terão como base o planejamento estratégico do Governo do Estado. A proposta da Sedu é garantir a efetividade no processo de ensino e aprendizagem, considerando o contexto da pandemia.

Principais entregas:

Obras: R$ 34.007.061,47 executados até 16 de dezembro

Projeto Quadras Poliesportivas - 4 quadras concluídas/16 obras em andamento

Projeto Obras de Grande Porte - 11 obras em andamento

Demais obras - 20 concluídas

Escolas com Oferta de Educação em Tempo Integral

26 Escolas Implantadas em 2020

31 Escolas definidas para 2021

20.376 matrículas até 2020

93 Total de Escolas

Ensino Médio Integrado

4.904 novas vagas ofertadas

4.271 novas matrículas efetivadas

Formação

Pró-docência: Edital nº 21/2020 - 60 vagas stricto sensu

44.200 inscritos em formações

Criação da Plataforma de Formação Continuada

Expansão da EJA

28.617 matrículas na EJA Regular

256 matrículas na EJA Profissional

Todos na Escola

62 Municípios aderiram à plataforma Busca Ativa

Criação do Comitê Intersetorial

PAES

Material pedagógico para 1º , 2º e 3º anos

R$ 3.044.571,36 investidos

18.421 alunos atendidos na rede estadual

125.364 alunos atendidos na rede municipal

Formação de implementação do currículo no ciclo de alfabetização 1ª edição 12.647 inscritos

05 obras concluídas e 31 obras em andamento
R$ 15.140.002,88 executados em convênios
R$ 8.138.265,61 executados no Funpaes

APOIE (Ação Psicossocial e Orientação Interativa Escolar)

20 Escolas atendidas (orientação, acolhimento e encaminhamento)

Campanha “Card da Saudade” - 327 contribuições

Campanha “Distantes, mas presentes: práticas que aproximam” - 27 projetos selecionados

Colaboração na "Formação integral – corpo, emoções, mente e propósito" e “Formação Competência Socioemocional do Profissional da Educação”

Cestas básicas

764.140 cestas distribuídas R$ 66.454.340,28 custeio total

Insumos Sanitários

R$ 12.492.727,46 repassados

Programa EscoLAR

71.728 usuários no app EscoLAR

164.821 alunos no Google Sala de Aula

18.094 salas de aula virtuais ativas

Criação da TV EscoLAR

250 videoaulas gravadas

2.530 videoaulas transmitidas na TV aberta

91,35% dos alunos com acesso às APNPs   (Com informações da Assessoria de Comunicação da Sedu)