Senador pede convocação de ex-mulher de Bolsonaro à CPI

Alessandro Vieira quer que Ana Cristina Siqueira Valle, ex-mulher de Bolsonaro, seja convocada.

Em 03/09/2021 Referência CCNEWS, Redação Multimídia

Foto: Reunião da CPI da Covid em Brasília/Reuters

O advogado Marconny Nunes Ribeiro Albernaz de Faria é apontado pela CPI como lobista da Precisa Medicamentos.

O senador Alessandro Vieira (Cidadania-SE) apresentou nesta sexta-feira um requerimento à CPI da Covid do Senado para convocar Ana Cristina Siqueira Valle, ex-mulher do presidente Jair Bolsonaro, para prestar depoimento por suposta atuação em favor de lobista em órgãos públicos.

Na justificativa do requerimento, que ainda precisa ser submetido a voto no colegiado, Vieira afirma que mensagens eletrônicas extraídas de um celular em posse da Comissão Parlamentar de Inquérito (CPI) indicam que, a pedido do suposto lobista Marconny Faria, a ex-mulher do presidente teria entrado em contato com o Palácio do Planalto com o objetivo de influenciar na escolha do defensor público-geral federal.

“Considerando a existência de diálogos que apontam, em tese, para a atuação da senhora Ana Cristina Siqueira Valle, ex-esposa do presidente Bolsonaro, na intermediação de interesses de lobistas diante de autoridades públicas, apresentei à CPI o requerimento para sua convocação”, citou o parlamentar, no Twitter.

O advogado Marconny Nunes Ribeiro Albernaz de Faria é apontado pela CPI como lobista da Precisa Medicamentos, empresa envolvida na compra da vacina indiana Covaxin pelo Ministério da Saúde — negociação que foi cancelada após suspeita de fraude apontada pela CPI. Integrantes da comissão consideram o lobista uma peça-chave para as investigações sobre irregularidades envolvendo o Ministério da Saúde.

O senador Vieira argumenta que a suposta relação de proximidade de Marconny com a ex-mulher de Bolsonaro “deve ser amplamente esclarecida, com vistas a examinar potencial atuação ilícita de ambos no contexto da pandemia”. (Ricardo Brito e Maria Carolina Marcello - Reuters)

Leia também:

Ministro Luiz Fux pede respeito institucional no 7 de setembro
Casagrande participa de reunião com presidente do Senado
PNI: Governadores cobram renovação de compra de vacinas
CPI pede ao STF a condução coercitiva de Marconny Faria
CPI vai ao STF contra decisão que anulou prisão de Roberto Dias
Voto de confiança foi dado, mas não foi retribuído, diz Abag
Lula chama Bolsonaro de tresloucado: "O País precisa de paz"
Caso envolvendo Flávio Bolsonaro pode prorrogar CPI da covid
Centrão já admite derrota de Bolsonaro no primeiro turno
Senado aprova recondução de Augusto Aras à PGR por 55 a 10

TAGS: 
CPI | INVESTIGAÇÃO | MARCONY FARIA | CORRUPÇÃO | STF | IMPEACHMENT | INVESTIGAÇÃO | POLÍTICA