Solenidade restrita marca celebração do 7 de setembro no ES

Durante a solenidade, foi feito um minuto de silêncio em homenagem às vítimas da covid-19.

Em 07/09/2021 Referência CCNEWS, Redação Multimídia

Foto: Hélio Filho/Secom/ES

O governador Renato Casagrande; a vice-governadora Jaqueline Moraes; e o prefeito de Vila Velha, Arnaldinho Borgo, hastearam as bandeiras do Brasil, do Espírito Santo e do município, respectivamente.

O Governo do Estado realizou, na manhã desta terça-feira (07), o evento de Independência, em solenidade restrita no 38º Batalhão de Infantaria do Exército, na Prainha, em Vila Velha. Em decorrência da pandemia do novo coronavírus, a festividade não contou com a presença do público.

O governador do Estado, Renato Casagrande; a vice-governadora Jaqueline Moraes; e o prefeito de Vila Velha, Arnaldinho Borgo, hastearam as bandeiras do Brasil, do Espírito Santo e do município, respectivamente. Durante a solenidade, foi feito um minuto de silêncio em homenagem às vítimas da covid-19.

Helicópteros do Núcleo de Operações e Transporte Aéreo (Notaer), da Secretaria da Casa Militar (SCM), sobrevoaram o 38° BI e um militar do Corpo de Bombeiros desceu de rapel até uma embarcação, simulando um atendimento de resgate e acessou o local da cerimônia trazendo uma faixa com os dizeres: "Obrigado aos profissionais da saúde". Nesse momento, duas enfermeiras do Hospital da Polícia Militar (HPM) se posicionaram ao lado da faixa.

Na sequência, os representantes do Exército Brasileiro, da Marinha do Brasil e do Corpo de Bombeiro conduziram a tocha com o Fogo da Independência, que foi entregue ao governador Casagrande para o acendimento da Pira da Independência. Em seguida, quatro helicópteros do Notaer, com as bandeiras do Brasil e do Espírito Santo, se posicionaram à frente das autoridades e prestaram continência ao governador. Os helicópteros sobrevoaram as orlas de Vila Velha e Vitória.

Casagrande falou sobre a importância do 7 de setembro e disse que acredita no retorno do desfile aberto ao público no próximo ano.

"É o segundo 7 de setembro que a gente faz de forma mais rápida e controlada, mas é importante lembrar essa data e tudo o que conquistamos e ainda vamos conquistar. Queremos um País com equilíbrio, com cultura de paz e um projeto para toda a população. Hoje é um dia para refletirmos em busca de um país mais igual para todos. Se Deus quiser e tenho confiança nisso, ano que vem teremos um 7 de setembro com nossas escolas nas ruas, alimentando o amor que temos com a nossa Nação", destacou o governador.

Responsável pela organização da solenidade de 7 de setembro, o secretário-chefe da Casa Militar, Coronel Aguiar, lembrou da importância da data no contexto em que vivemos.

“A Independência se ressignifica na priorização pelo direito à vida, representado pelo necessário avanço da cobertura vacinal, a consequente diminuição do número de casos da Covid-19 considerados graves, e, também, a cada vez mais acentuada retomada de nossas atividades em sociedade”, declarou. (As informações são do Governo/ES)

Leia também:

Casagrande inaugura Centro de Referência das Juventudes
Educação no trânsito do Detran|ES atuando em São Mateus
Governo do ES autoriza obras da ES-383, em Alfredo Chaves
Governo do Estado anuncia conexões do Transcol para Viana
Detran|ES repassa R$ 36 milhões para fiscalização de trânsito
ES lança Operação Patrulha da Comunidade na Grande Vitória
Governo do ES anuncia a reforma de praça na Expedito Garcia
Detran|ES amplia convênio com cartórios para habilitação
Detran reforça sinalização turística no município de Guaçuí
Sefaz lança novos sistemas e organiza mudança legislativa
Governo do ES viabiliza obras do Micropolo Industrial de Piúma

TAGS:
INDEPENDÊNCIA | 7 DE SETEMBRO | CRJ | GOVERNADOR | FISCALIZAÇÃO | PROCON | SETUR | SEVIÇOS | SAÚDE | SEGURANÇA