Verstappen vence em Abu Dhabi e é campeão mundial de F1

Max Verstappen fez sua estrela brilhar ainda mais forte na temporada 2021 da Fórmula 1.

Em 12/12/2021 Referência CCNEWS, Redação Multimídia

Foto: F1/Divulgação

O holandês Max Verstappen, que largou com os pneus macios, fez sua primeira parada no fim da volta 14 e voltou atrás de Norris.

Max Verstappen venceu de forma espetacular a última corrida da temporada, o Grande Prêmio de Abu Dhabi de Fórmula 1, neste domingo (12). Com a 10ª vitória da temporada, Verstappen se tornou campeão mundial da F1 2021.

Lewis Hamilton bem que tentou, mas um safety car nos estágios finais da corrida deu a chance para Verstappen ultrapassar e, após liderar apenas uma volta na Yas Marina, se tornar campeão da temporada 2021 da Fórmula 1.

A corrida

Lewis Hamilton largou bem e assumiu a liderança na Curva 1. Sergio Perez também fez uma bola largada e tomou a terceira posição de Lando Norris.

Depois da primeira reta, Verstappen foi para cima de Hamilton e ambos quase tocaram. Hamilton foi lá fora, usou a área de escape e retornou à frente do piloto da Red Bull. O incidente foi para os comissários que decidiram que não precisava devolver a posição, apenas diminuir um pouco a velocidade e voltar com a vantagem de antes do incidente.

Carlos Sainz.

Verstappen, que largou com os pneus macios, fez sua primeira parada no fim da volta 14 e voltou atrás de Norris. Ao sair dos boxes, Charles Leclerc se atrapalhou e foi para fora da pista, mas conseguiu retornar e atacar Yuki Tsunoda.

Perez permaneceu na pista e não demorou para Hamilton encontrar o mexicano. O piloto da Red Bull defendeu de todas as maneiras possíveis e deixou a vantagem, que era de 8 segundos, para apenas dois segundos para Verstappen.

Kimi Raikkonen, fazendo sua despedida da Fórmula 1, abandonou na volta 33.

Na volta 34, Hamilton, Verstappen e Perez eram os três primeiros. Bottas era apenas o nono colocado, atrás de Leclerc. O finlandês usou o DRS e assumiu a oitava posição.

Uma volta depois, Antonio Giovinazzi, que vai ser piloto da Fórmula E em 2022, também abandonou. O italiano parou em uma área de escape, mas o safety car virtual foi ativado.

Verstappen ia diminuindo a diferença para Hamilton, quando Latifi bateu e trouxe o safety car na volta 54. Perez foi aos boxes e abandonou a corrida. O holandês foi aos boxes e voltou com pneus macios novos.

O safety car saiu da pista na última volta, liberando Verstappen e Hamilton para disputarem o título na volta final.

Verstappen, com pneus mais novos, não teve problemas para ultrapassar Hamilton e ficou com o título da temporada 2021 da Fórmula 1.

"Verstappen quebra a hegemonia de Hamilton e é campeão de F1"

Max Verstappen fez sua estrela brilhar ainda mais forte na temporada 2021 da F1. Neste domingo (12), após cruzar a linha de chegada na primeira colocação após final de tirar o fôlego, o competidor foi coroado como o grande campeão deste ano.

A batalha para colocar as mãos em seu primeiro caneco foi bastante árdua. Apesar de estar em seu auge de performance, teve ninguém menos que Lewis Hamilton como adversário, que ofereceu resistência e brigou duramente até a última bandeira quadriculada.

Se beneficiando não apenas da grande forma ao longo da campanha, mas também do ritmo que a Red Bull apresentou desde a primeira etapa, o holandês foi ameaça e postulante ao título desde o primeiro momento.

Rápido e competitivo, subiu ao pódio em todas as cinco primeiras corridas do calendário, duas com vitória, enquanto Hamilton chegou a ficar fora no GP de Mônaco. Com resultados tão notórios, sacramentava o melhor início de temporada de sua carreira.

Alguns tropeços e problemas foram registrados ao longo das 22 etapas disputadas, é verdade. Muitos escaparam de seu controle como o estouro de pneu no Azerbaijão e o strike na largada do GP da Hungria. Outros, abriu espaço para debates – os abandonos em Silverstone e Ímola e o acidente na Arábia Saudita.

Mas Verstappen nunca se deixou abalar pelos problemas ou sucumbir diante da pressão de enfrentar um heptacampeão. Nem mesmo quando viu o inglês da Mercedes dizimar 30 pontos de vantagem com as vitórias consecutivas em Interlagos, Catar e Jeddah.

O holandês filho de pai e mãe pilotos sempre tratou de controlar e contornar a situação. Viu a equipe alemã adquirir um ritmo surpreendentemente ameaçador na reta final, mas nem mesmo isso foi capaz de frear o competidor.

Ao final, com suas dez vitórias, dez pole-positions e 18 visitas ao pódio, Max alcançou o Olímpio da F1. Se antes já era visto como estrela em ascensão, agora, já faz parte dos livros de história da categoria.

Resultado final do GP de Abu Dhabi de F1:
1) Max Verstappen (Red Bull/Honda)
2) Lewis Hamilton (Mercedes)
3) Carlos Sainz Jr. (Ferrari)
4) Yuki Tsunoda (AlphaTauri/Honda)
5) Pierre Gasly (AlphaTauri/Honda)
6) Valtteri Bottas (Mercedes)
7) Lando Norris (McLaren/Mercedes)
8) Fernando Alonso (Alpine/Renault)
9) Esteban Ocon (Alpine/Renault)
10) Charles Leclerc (Ferrari)
11) Sebastian Vettel (Aston Martin/Mercedes)
12) Daniel Ricciardo (McLaren/Mercedes)
13) Lance Stroll (Aston Martin/Mercedes)
14) Mick Schumacher (Haas/Ferrari)
15) Sergio Pérez (Red Bull/Honda)
OUT) Nicholas Latifi (Williams/Mercedes)
OUT) A.Giovinazzi (Alfa Romeo/Ferrari)
OUT) George Russell (Williams/Mercedes)
OUT) Kimi Räikkönen (Alfa Romeo/Ferrari). 

Mundial de pilotos:
1) Max Verstappen, 395,5 pontos (capeão)
2) Lewis Hamilton, 387,5  
3) Valtteri Bottas, 226  
4) Sergio Pérez, 190  
5) Carlos Sainz Jr., 164,5  
6) Lando Norris, 160  
7) Charles Leclerc, 159  
8) Daniel Ricciardo, 115  
9) Pierre Gasly, 110  
10) Fernando Alonso, 81  
11) Esteban Ocon, 74  
12) Sebastian Vettel, 43  
13) Lance Stroll, 34  
14) Yuki Tsunoda, 32  
15) George Russell, 16  
16) Kimi Räikkönen, 10  
17) Nicholas Latifi, 7  
18) A.Giovinazzi, 3  
19) Mick Schumacher, 0  
20) Robert Kubica, 0  
21) Nikita Mazepin, 0  

Mundial de construtores:
1) Mercedes, 613,5 pontos
2) Red Bull/Honda, 585,5  
3) Ferrari, 323,5  
4) McLaren/Mercedes, 275  
5) Alpine/Renault, 155  
6) AlphaTauri/Honda, 142  
7) Aston Martin/Mercedes, 77  
8) Williams/Mercedes, 23  
9) Alfa Romeo/Ferrari, 13  
10) Haas/Ferrari, 0  - (Por Gabriel Gavinelli e Por Nathalia De Vivo - F1Mania)

Leia também:

Escolha de pneus será decisiva para a final da Fórmula 1
Verstappen supera Hamilton e larga na pole em Abu Dhabi
Brasil garante vaga nas quartas de final do Mundial feminino
Pelé é novamente internado para tratar tumor no cólon
Handebol: seleção encerra 1ª fase do Mundial com goleada
> O que Verstappen precisa para quebrar hegemonia de Hamilton
Hamilton e Verstappen trocam caixa de câmbio para decisão
Lewis Hamilton reforça luta por direitos humanos em coletiva
O Palmeiras estreia no Mundial de Clubes dia 8 de fevereiro
Atleta de jiu-jítsu Jordana Lírio ganha medalha em Mundial
China confirma Jogos de Inverno apesar da variante ômicron
Cristiano Ronaldo rebate mentiras sobre rivalidade com Messi

TAGS: 
MAX VERSTAPPEN | LEWIS HAMILTON | CAMPEÃO | EQUIPE RED BULL | FÓRMULA 1 | MUNDIAL DE F1