Vitória convoca intérpretes de Libras para atuar na Educação

Tradutores e Intérpretes de Libras são convocados para atuar na rede de ensino de Vitória.

Em 06/01/2022 Referência CCNEWS, Redação Multimídia

Foto: Guiomedice Paixão/PMV

Os convocados têm até o próximo dia 11 de janeiro (terça-feira) para entregar os documentos necessários à admissão e a comprovação das informações, declaradas no ato da inscrição, à Gerência de Recrutamento, Seleção e Registro.

Tradutores e Intérpretes de Libras aprovados no primeiro processo seletivo simplificado para o cargo, criado em 2021, na estrutura da Prefeitura de Vitória, são convocados para atuar na rede de ensino de Vitória, na modalidade Educação Especial.

Os convocados têm até o próximo dia 11 de janeiro (terça-feira) para entregar os documentos necessários à admissão e a comprovação das informações, declaradas no ato da inscrição, à Gerência de Recrutamento, Seleção e Registro, que fica na sede da Prefeitura de Vitória. O horário de atendimento é das 9h às 13 horas.

Durante o período de pandemia da Covid-19, o candidato que se declarar pessoa com deficiência será avaliado por médico do trabalho do município, mediante agendamento. Para os demais candidatos, não será, previamente, realizada perícia médica para admissão em processos seletivos, devendo o convocado entregar, junto com os documentos necessários à sua admissão, laudo médico admissional emitido por empresa especializada.

A relação de documentos e formulários obrigatórios para a admissão estão disponíveis no site selecao.vitoria.es.gov.br, e devem ser entregues sem rasura e legível.

Tradutor e intérprete

O tradutor e intérprete de Libras é um ouvinte com proficiência em Libras, que realiza a mediação na comunicação entre surdos e ouvintes. Na Educação, esse profissional é essencial para garantir a inclusão e a qualidade de ensino aos estudantes público da Educação Especial.

A rede municipal de ensino de Vitória, ao fim do ano letivo de 2021, atendia a 1.893 crianças e estudantes, público da Educação Especial, na Educação Infantil, no Ensino Fundamental e na Educação de Jovens e Adultos (EJA), sendo 27 estudantes surdos e 22 com deficiência auditiva.

Entre as funções exigidas para o cargo, estão: traduzir, interpretar, intermediar e promover a comunicação, garantindo o acesso aos conhecimentos curriculares e materiais didáticos pedagógicos para surdos e ouvintes, dentro ou fora do espaço escolar, das duas línguas, Libras e Português, e vice-versa.

A lei que criou o cargo de Tradutor e Intérprete de Libras na estrutura da Prefeitura Municipal de Vitória foi sancionada pelo prefeito Lorenzo Pazolini em 21 de setembro, Dia Nacional de Luta da Pessoa com Deficiência. (Secom/PMV)

Leia também:

Vila Velha vai entregar Kit de Material Escolar para alunos
Vitória abre matrículas para o ensino fundamental e a EJA
Governo do ES lança edital do Programa Nossa Bolsa 2022
Prova do Enem será reaplicado nos dias 9 e 16 de janeiro
> Prefeitura da Serra vai abrir matrícula para alunos da EJA
> ​51 mil alunos começam a receber Bolsa de Estudos de R$ 150
Instituições federais não podem exigir vacina contra covid-19
Educação repassa R$ 11,4 milhões para o ano letivo de 2022
Materiais escolares podem ficar até 30% mais caros em 2022
Governo repassa mais de R$ 108 milhões para as escolas

TAGS: 
VITÓRIA | INTÉRPRETES | TRADUTORES | LIBRAS | PROCESSO SELETIVO