Vitória lança Plano Diretor de Turismo para os próximos nove anos

A Semttre promove, quinta (14), o lançamento do Plano Diretor de Turismo.

Em 12/12/2017 Referência JCC - Secom PMV

A Secretaria Municipal de Turismo, Trabalho e Renda (Semttre) promove, nesta quinta-feira (14), o lançamento do Plano Diretor de Turismo (PDTur), com as ações e os projetos voltados para o setor nos próximos nove anos (2017 a 2025). A solenidade está marcada para as 18h30, no Hotel Bourbon Vitória Residence, que fica na avenida Dante Michelini, 435, na praia de Camburi.

Para a construção do Plano Diretor de Turismo, foi formado um grupo de trabalho com representantes do Conselho Municipal de Turismo (Comtur), composto por representantes de toda a cadeira do setor na capital, e equipes técnicas da Semttre e de outras secretarias parcerias, que se uniram para formatar essa importante ferramenta na construção da nova matriz econômica de Vitória.

"Trabalhamos muito para manter firmes nossos produtos turísticos mais consolidados, como a gastronomia, a cultura, os desfiles de escolas de samba de Vitória, a pesca oceânica... mas também apostamos em fazer da nossa ilha referência em lazer e esporte. A ampliação da nossa rede cicloviária, as Ruas de Lazer e o projeto de compartilhamento de bicicletas (o Bike Vitória) permitem que moradores e visitantes desfrutem das nossas belezas em um sensacional passeio de bicicleta por toda a nossa ilha", destacou o prefeito de Vitória, Luciano Rezende.

Nova estratégia

Desde 2014, segundo o subsecretário municipal de Turismo, Felipe Ramaldes, está em andamento uma estratégia de participação do setor produtivo nos projetos voltados para o segmento com a visão de implementação de concessões públicas e a entrada de investimento privado nas ações que vão fortalecer o turismo e transformar os atrativos turísticos em serviços de interesse dos visitantes e moradores.

O subsecretário destacou, ainda, que o documento foi construído com diversos setores e também com os moradores, por meio de audiências públicas para o recebimento de propostas e tomadas de decisões das prioridades a serem desenvolvidas, seguindo o modelo de gestão compartilhada da administração municipal.

"Por isso, é uma grande oportunidade de contribuir para nossa cidade e ver o crescimento da rede hoteleira, da gastronomia, da capacitação e da profissionalização contínua de toda a cadeia, assim como a criação de novos produtos e equipamentos turísticos, que farão o turismo de lazer, de negócios e de eventos se desenvolver ainda mais dentro de um planejamento para os próximos anos", enfatizou.

Plano

O Plano Diretor de Turismo possui 110 páginas e prevê o monitoramento de 33 projetos pelo Comtur, dentre os quais 10 projetos prioritários que compõem a pauta mensal da reunião do conselho.

O documento está dividido em cinco capítulos. O primeiro, “O PDTur 2017-2025”, aborda a metodologia adotada, a estrutura do plano diretor, as ações transversais e os projetos estratégicos, as regiões turísticas e a cidade de Vitória e as suas vocações. O segundo capítulo, sobre “Demanda Turística”, apresenta o perfil do turista e o desempenho do setor.

O capítulo três, “Oferta Turística”, apresenta os atrativos naturais, atrativos histórico-culturais e os equipamentos e serviços turísticos. Os “Objetivos e estratégias” estão no capítulo quatro, que ainda aponta a estruturação de novos atrativos e produtos, bem como a adoção de ferramentas de cooperação público-privada e o sistema municipal de turismo. O quinto e último capítulo é voltado para os projetos considerados prioritários.

(Foto: André Sobral)