Volta às aulas em Vitória está programada para o dia 7

Com avanço na imunização contra covid-19, a volta às aulas será presencial para as turmas.

Em 12/01/2022 Referência CCNEWS, Redação Multimídia

Foto: Jansen Lube/PMV

Vitória foi a primeira cidade na região metropolitana a alcançar o risco muito baixo para a transmissão da covid-19, tendo imunizado toda a população adulta com mais de 18 anos com as duas doses ou dose única da vacina.

O ano letivo na rede municipal de ensino de Vitória terá início no dia 7 de fevereiro (segunda-feira). Com o avanço na imunização contra a covid-19 na capital, a volta às aulas será presencial para todas as turmas da Educação Infantil, do Ensino Fundamental e da Educação de Jovens e Adultos (EJA), sem revezamento.

“Nós sabemos que a pandemia não acabou e seguimos monitorando de perto, com muita responsabilidade. A máscara será de uso obrigatório, as unidades de ensino continuarão disponibilizando álcool em gel e incentivando a higienização das mãos. Provamos no ano passado que a escola é um espaço seguro, com baixo índice de transmissibilidade. Com o cenário de destaque na vacinação, estamos prontos para dar mais esse passo, para o retorno presencial obrigatório”, destacou a secretária de Educação de Vitória, Juliana Rohsner.

O ano letivo de 2022 marca o retorno presencial dos grupos 1 e 2 aos Centros Municipais de Educação Infantil (Cmei). São os bebês a partir de 6 meses até 2 anos que voltam ao espaço escolar.

“Os bebês exigem um cuidado diferente, muito mais próximo, envolve o toque, a presença, horários de alimentação, a higiene das crianças. Por isso, no ano passado, optamos por permanecer com essas crianças no ensino remoto emergencial. Este ano, iniciamos as atividades letivas com essas turmas nos Cmei”, completou a secretária.

Protocolos e cuidado

Em dezembro, a Seme repassou às 102 unidades de ensino da capital um total de R$ 11.438.092,08 para aquisição de gêneros alimentícios, material de consumo, material permanente e contratação de serviços. Nesse momento, há verba para aquisição de álcool 70% para higienização dos espaços, máscaras descartáveis e outros itens de segurança necessários ao enfrentamento à pandemia da Covid-19.

Vitória foi a primeira cidade na região metropolitana a alcançar o risco muito baixo para a transmissão da covid-19, tendo imunizado toda a população adulta com mais de 18 anos com as duas doses ou dose única da vacina (109,18% desse grupo), além de já ter vacinado 90,23% dos adolescentes entre 12 e 17 anos com a primeira dose.

Para crianças de 5 a 11 anos, a vacina ainda não está disponível e a PMV aguarda a disponibilidade de doses para vacinar essa população.

Ampliação da jornada escolar

O foco da Secretaria de Educação (Seme) é garantir o direito à aprendizagem de crianças e estudantes. Para isso, a partir de 7 fevereiro, início do calendário escolar, as crianças matriculadas na Educação Infantil e os estudantes do ensino fundamental regular (do 1º ao 9º ano) terão a jornada escolar ampliada.

Nos Centros Municipais de Educação Infantil (Cmei) e nas Escolas Municipais de Ensino Fundamental (Emef), onde o horário hoje é das 7h às 11h30 para o matutino e das 13h às 17h30 para o vespertino, passarão a atender das 7h às 12h pela manhã e das 13h às 18h à tarde. A mudança resultará em mais 100 horas anuais nas unidades de ensino para cada criança ou estudante.

Para as unidades em tempo integral, cujo horário é das 7h às 16h30, e para a Educação de Jovens e Adultos (EJA), com aulas das 18h às 22h, o horário permanece o mesmo.

Organização curricular

Outra mudança será a organização curricular comum para a rede, no Ensino Fundamental regular. Este ano, as 52 Emef terão todas um mesmo conjunto de componentes curriculares e número de aulas, de acordo com a Base Nacional Comum, além da parte diversificada, com conteúdos complementares para atendimento às características regionais e locais da sociedade, da cultura, da economia e dos estudantes.

No ano que vem, todos os estudantes, do 1º ao 9º ano, terão aulas de Língua Inglesa e Projeto de Vida na rede municipal de Vitória. Já na parte diversificada, de acordo com a escolha de cada escola, serão ofertadas ainda aulas de práticas experimentais em Educação Socioambiental; Educação Empreendedora e Financeira; Iniciação Científica; Libras; Música; Tecnologias Educacionais; Território do viver. (Secom/PMV)

Leia também:

Em reaplicação do Enem, 67% dos inscritos faltaram à prova
Inscrições do Nossa Bolsa 2022 terminam nesta quarta-feira
> ​Aluno surdo do município de Vila Velha é aprovado no IFES
Governo do ES oficializa criação de duas novas escolas técnicas
Vitória convoca intérpretes de Libras para atuar na Educação
Vila Velha vai entregar Kit de Material Escolar para alunos
Vitória abre matrículas para o ensino fundamental e a EJA
Governo do ES lança edital do Programa Nossa Bolsa 2022
Prova do Enem será reaplicado nos dias 9 e 16 de janeiro
> Prefeitura da Serra vai abrir matrícula para alunos da EJA

TAGS: 
VITÓRIA | VOLTA ÀS AULAS | ESTUDANTES | COVID-19 | PRESENCIAL