Empresa capixaba vence copa do mundo das startups em Dubai

A feira Supernova Challenge foi realizada entre os dias de 06 e 10 de dezembro, em Dubai.

Em 18/12/2020 Referência CCNEWS, Redação Multimídia

Ronaldo Cohin, bacharel em Ciência da Computação e desenvolvedor de software, é o CEO e fundador da Jade Autism.

“Inovação, por meio da tecnologia, pode mudar a vida das pessoas, especialmente aquelas que mais precisam”. Esse é o lema da Jade Autism, que desenvolve soluções terapêuticas em formato de games para crianças e adolescentes com deficiências cognitivas. A startup conta com o apoio do Programa Centelha ES, que é uma realização da Financiadora de Estudos e Projetos (Finep), autarquia federal, e da Fundação de Amparo à Pesquisa e Inovação do Espírito Santo (Fapes). Este ano, a empresa venceu o Supernova Challenge, a 'copa do mundo' das startups.

O projeto desenvolvido é disponibilizado por meio de um aplicativo para telefone celular. Enquanto o jogador interage com o game, o sistema coleta dados do seu comportamento e estimula a realização de associações com figuras do dia a dia, como animais, números, letras, objetos e cores. As informações coletadas viram relatórios em formato de dashboard e são disponibilizadas para os terapeutas dessas crianças e adolescentes com deficiências cognitivas, possibilitando um tratamento mais eficaz.

Supernova Challenge

A feira Supernova Challenge foi realizada entre os dias de 06 e 10 de dezembro, em Dubai, nos Emirados Árabes Unidos. A startup Jade Autism venceu na categoria Melhor Impacto Social e Ambiental do prêmio e também participou da área de exposição.

Ronaldo Cohin, bacharel em Ciência da Computação e desenvolvedor de software, é o CEO e fundador da Jade Autism. A startup surgiu a partir da necessidade encontrada por ele de auxiliar seu filho, diagnosticado com autismo de alta funcionalidade, aos dois anos de idade.

O projeto foi desenvolvido com o auxílio de terapeutas e profissionais especialistas no tratamento do Transtorno do Espectro Autista (TEA), da Associação de Pais e Amigos dos Excepcionais do Espírito Santo (Apae-ES). Em 2020, a empresa brasileira participou da Gitex Future Stars, em Dubai, uma das maiores feiras de negócios e inovação do mundo.

Centelha ES

Por meio da atuação conjunta da Finep e do MCTI, com parceiros estaduais, o Programa pretende incentivar o empreendedorismo inovador em todo o território nacional. A ideia é ampliar a quantidade e melhorar a qualidade das propostas de empreendimentos de base tecnológica submetidas aos ambientes promotores de inovação no Brasil – como incubadoras e aceleradoras de empresas, entre outros. Além disso, o Centelha também visa a incentivar a criação de empresas inovadoras em áreas estratégicas para o desenvolvimento sustentável do País.

Começaram a ser desenvolvidas no Espírito Santo, em 2020, o total de 54 ideias inovadoras, com o apoio do Programa Centelha ES, gerido pela Fapes. Os empreendedores com projetos contratados têm à disposição um conjunto de benefícios, entre eles recursos financeiros, por meio de subvenção econômica para desenvolver seu negócio; capacitações e suporte para alavancar o empreendimento; acesso a instituições de ciência, tecnologia e inovação, incubadoras e a potenciais investidores.

Iniciativa

A iniciativa é promovida em vários estados pelo Ministério da Ciência, Tecnologia e Inovações (MCTI), por meio da Financiadora de Estudos e Projetos (Finep), em parceria com o Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico (CNPq) e o Conselho Nacional das Fundações Estaduais de Amparo à Pesquisa (Confap), e operado pela Fundação Centros de Referência em Tecnologias Inovadoras (CERTI). (Com informações da Finep e da Fapes)