FGV: Indicador antecedente de emprego cai após três altas

Iaemp que é calculado pela FGV, recuou 0,8 ponto na passagem do mês de junho para julho

Em 04/08/2022 Referência CCNEWS, Redação Multimídia

Foto: © CNA/ Wenderson Araujo/Trilux

O indicador busca antecipar tendências do mercado de trabalho para os próximos meses, com base em entrevistas com consumidores e empresários da indústria e dos serviços.

O Indicador Antecedente de Emprego (Iaemp), calculado pela Fundação Getulio Vargas (FGV), recuou 0,8 ponto na passagem de junho para julho e chegou a 81,1 pontos. Essa foi a primeira queda depois de três meses consecutivos de alta.

O indicador busca antecipar tendências do mercado de trabalho para os próximos meses, com base em entrevistas com consumidores e empresários da indústria e dos serviços.

Quatro dos sete componentes do Iaemp recuaram, em especial, a situação atual dos negócios da indústria e o emprego previsto no setor de serviços. Entre os componentes que subiram, o destaque ficou com o emprego previsto na indústria. (Por Vitor Abdala/Agência Brasil)

Leia também:

Copom eleva juros básicos da economia para 13,75% ao ano
Banco Central: Copom define hoje (3) a taxa básica de juros
Auxílio Gás será de R$ 110 no mês de agosto, informa Caixa
Fenabrave: Vendas de veículos novos têm leve baixa em julho
Intenção de consumo avança, com destaque para renda atual
Copom inicia reunião avaliando fim de aperto nos juros
Balança comercial registra superávit de US$ 5,44 bi em julho
Após altas seguidas, confiança empresarial cai 0,3 ponto
Mercado financeiro reduz projeção da inflação para 7,15%
Pequena indústria melhora, mas matéria-prima preocupa

TAGS:
FGV | IAEMP | EMPREGO | INDICADOR | CONSUMIDORES