Findeslab: Unimed e Devix firmam parceria por novos projetos

Acordo ocorreu no 1º Ciclo do Programa de Empreendedorismo Industrial (PEI) do Findeslab.

Em 10/03/2021 Referência CCNEWS, Redação Multimídia

Foto: Divulgação/FindesLab

Novas parcerias, projetos e conexões marcaram a participação da empresa Unimed Vitória e a startup Devix no 1º Ciclo do Programa de Empreendedorismo Industrial (PEI) do Findeslab. A apresentação da solução e a continuidade da parceria, a partir do projeto e do desenvolvimento de novas funcionalidades, foram destacadas no evento on-line de encerramento individual.   

A startup Devix se conectou ao desafio da Unimed Vitória e desenvolveu uma solução de software personalizada, que permite uma comunicação simples, clara e eficiente, entre os usuários das operadoras de saúde envolvidos na cadeia de vendas de planos de saúde. A solução se propõe também, a partir da análise dos dados coletados (data driven), a identificar padrões e comportamentos nas vendas, como por exemplo, os planos mais vendidos para as regiões mapeadas, tempo médio para fechamento de venda, quais as características observadas nas vendas fechadas e quais nas vendas perdidas. Com isso, espera-se poder indicar quais os melhores procedimentos e técnicas devem ser adotados pela equipe de campo para facilitar as conversões de leads em cliente.   

 A proposta

A proposta alinhada entre empresa e startup gerou bons resultados e foi essencial para inserir a cultura da inovação na empresa, segundo a gerente de estratégia, inovação, projetos e processos da Unimed Vitória, Janaina dos Santos Betzel Carvalho.

“Os resultados dos projetos ajudaram a mostrar como esse trabalho com as startups viabilizou uma melhoria na empresa e ajudou a introduzir a cultura da inovação. Hoje estamos tocando dois projetos de inovação, com geração de bons resultados de entrega, e sabemos que isso foi possível graças ao processo de seleção do FindesLab, que é estruturado para que tenhamos empresas preparadas para nos atender”, diz.  

 A participação no Programa permitiu a Devix realizar o propósito da empresa que é solucionar problemas usando a tecnologia, como declara o diretor comercial e sócio da Devix, Rafael Scopel Paviotti.

“Conseguimos aplicar tudo aquilo que preconizamos, no que diz respeito ao desenvolvimento de novas tecnologias, metodologia ágil, monitoramento mensais, a experiência do cliente para conseguir fazer as entregas pontuais, enfim, temos uma empresa grande que está dando continuidade à solução. A intenção é que isso vire uma spin-off para ser trabalhado de forma independente, e isso foi possível graças a confiança da Unimed Vitória e ao apoio e orientação do Findeslab”.   

Parcerias  

As conexões que estão sendo criadas podem ser vistas no acesso à outras oportunidades de negócio com a própria Unimed Vitória, que já está requisitando a Devix para trabalhar em outras iniciativas da empresa. A execução de novos projetos inovadores vai fazer parte da rotina da empresa, segundo o gerente de negócios Unimed, Márcio José Brioschi Klein.

“Tudo que planejamos foi feito. Agora é o aprimoramento da ferramenta, continuar desenvolvendo e ter novas ideias”, diz.  

Além disso, a Triágil, segunda startup ligada ao desafio da Unimed Vitória, também está em processo de contratação pela empresa para desenvolver uma solução para auxiliar no processo de regulação e auditoria médica da Unimed Vitória, a partir de algoritmos preditivos que tornem as tarefas dos auditores técnicos e administrativos mais rápidas e eficientes.  

As duas startups são exemplos de como a dinâmica do Findeslab conecta todo o ecossistema de inovação do Espírito Santo a outros polos do país e também exterior.

“Foi uma jornada incrível ver crescendo a área de inovação, e como centro da estratégia da Unimed Vitória, e como o Findeslab fez parte disso”, diz a diretora de inovação e tecnologia do Senai ES Juliana Gavini,  

Selo de participação 

 Na ocasião, a Unimed Vitória e a Devix foram contempladas com o certificado e Selo de Participação, pela conclusão com êxito, resultado da eficiência e eficácia de entrega da solução. O material poderá ser utilizado em materiais institucionais, evidenciando que são empresas parceiras do Findeslab.  

A responsável pelo Programa de Empreendedorismo Industrial, Juliana Binda, apontou todas as ações ocorridas durante o ano de 2020, que asseguraram o sucesso do projeto, e que promoveu 800 ações entre capacitações, mentorias, assessorias e monitoramentos do desenvolvimento da solução.  

A primeira chamada do Programa de Empreendedorismo Industrial foi realizada em 2019, e contou com 14 desafios propostos por oito grandes empresas, além da Unimed, são elas: Shell, Vale, Arcelor, Fortlev, ISH, CDTIV e Soma Urbanismo. Atualmente, as soluções estão em fase de desenvolvimento.   (Por Fernanda Gomes - UCI/Findes)

TÓPICOS:

TECNOLOGIA   |   EMPREGOS & ESTÁGIO   |  CIDADE   |   POLÍTICA   |   SAÚDE   |   ECONOMIA