Livros pirateados podem levar vírus ao Kindle

O problema foi relatado pelo pesquisador alemão Benjamin Daniel Mussler em outubro de 2013.

Em 16/09/2014 Referência JCC

Donos de aparelhos Kindle que costumam baixar conteúdo pirateado precisam tomar cuidado, pois uma brecha nos dispositivos pode permitir que criminosos tenham acesso às suas informações.

Isso é feito usando um arquivo de livro corrompido que contém códigos capazes de extrair cookies e dados de acesso à Amazon.

O problema foi relatado pelo pesquisador alemão Benjamin Daniel Mussler em outubro de 2013. A Amazon fechou a brecha mas voltou a abri-la em uma atualização recente, segundo Mussler.

O pessoal do Digital Reader confirmou a existência da abertura, mas ressaltou que ela não atinge quem só usa lojas oficiais para fazer compras.