São Paulo vence o Grêmio por 2 x 1 e segue vivo no Brasileirão

O São Paulo venceu por 2 a 1, na Arena do Grêmio (RS), com gols de Tchê Tch e Lucianio.

Em 14/02/2021 Referência CCNEWS, Redação Multimídia

Foto: Lance!

Com o resultado, o Tricolor Paulista fica forte na briga por uma vaga no G4, com 62 pontos, enquanto o Grêmio, com 56, tropeça na classificação direta para os grupos da Libertadores.

O São Paulo venceu o Grêmio por 2 a 1, na Arena do Grêmio, em partida válida pela 36ª rodada do Brasileirão. Essa foi a primeira vitória do Tricolor Paulista em 2021 e, com ela, fica forte na disputa por uma vaga direta na fase de grupos da Libertadores. A equipe criou oportunidades, mas pecou nas finalizações no primeiro tempo. Na segunda etapa, atrás no placar, o time cresceu pra cima dos donos da casa e virou a partida.

O Grêmio por sua vez também propôs o jogo e, aos 32 minutos do primeiro tempo, abriu o placar com Diego Souza, após falha de Arboleda e Gonzalo Carneiro.

Já no segundo tempo, Tchê Tchê empatou com chute de fora da área após rebote e Luciano virou após deixar Rodrigues no chão e chutar, com desvio de Paulo Miranda, para o gol de Vanderlei.

Com a vitória, o São Paulo conquista 62 pontos, seguido pelo Fluminense, com 57, que, caso vença amanhã, pode chegar a 60 pontos e ficar perto do Tricolor Paulista. O Grêmio ficou com 56 pontos, mas segue vivo na briga pelo G4. O São Paulo ainda tem chances remotas de ser campeão, mas depende de resultados negativos de Flamengo e Internacional, tendo a taça como possibilidade distante.

O São Paulo volta a campo na sexta-feira (19), às 21h30, contra o Palmeiras, no Morumbi. Já o Grêmio volta apenas no próximo domingo (21), às 18h15 contra o Athlético Paranaense, na Arena do Grêmio.

Pprimeiras chances

Durante os primeiros quinze minutos de jogo, o Grêmio foi mais dominante na criação das jogadas e na posse de bola, mas as primeiras chances foram do time paulista. No primeiro minuto de jogo Luan bateu cruzado da esquerda para a direita, levando perigo. Depois, aos 8 minutos Luciano mais uma vez levou perigo.

Aos 16 minutos, numa cobrança de falta, Daniel Alves levou perigo após cobrar com muito efeito, atrapalhando o Vanderlei. Apenas 4 minutos depois o atacante uruguaio, Gonzalo Carneiro, teve uma chance incrível para finalizar, porém, com direção livre para o gol, preferiu tentar achar um passe para a entrada da área, desperdiçando o ataque.

Mais tarde, aos 23 minutos do primeiro tempo, Tiago Volpi se atrapalhou numa bola cruzada pelo lado direito da defesa são-paulina. O goleiro saiu de soco mas a bola sobrou para Diego Souza, que finalizou para uma excelente defesa de Volpi.

Chance do São Paulo

Seguindo no lá e cá que resumiu o primeiro tempo, o São Paulo teve uma chance enorme de abrir o placar após um cruzamento que, depois de desviado por Gonzalo Carneiro sobrou para Vitor Bueno, livre, finalizar. O atleta, porém, chutou muito fraco e em cima do goleiro Vanderlei, que fez uma defesa fácil.

Num momento de superioridade gremista, a equipe da casa cobrou um escanteio curto, buscando Matheus Henrique que, mais recuado, lançou a bola na área, que, após falha de Arboleda e Carneiro, sobrou para o artilheiro da equipe Diego Souza chutar pro fundo das redes, 1 a 0 para o Grêmio.

Após o gol, a equipe do Grêmio já havia recuado, fazendo o São Paulo crescer na partida. No segundo tempo, tal postura se agravou e a equipe visitante passou a exercer o domínio das ações na partida.

Mais comprometido com o ataque e criando oportunidades, a pressão são-paulina deu resultado quando, aos 17 minutos da segunda etapa, Tchê Tchê aproveitou o rebote e bateu de fora da área, com a perna canhota, no canto do goleiro Vanderlei. No trajeto, Toró se encolheu para a bola passar, gerando reclamações gremistas quanto à condição do atacante. Toró, porém, não estava impedido, gol legal e 1 a 1 no placar.

Lançamento

Já aos 22 minutos do segundo tempo, veio a virada são-paulina, quando Tiago Volpi lançou a bola ao ataque, o que não era comum com Fernando Diniz no comando da equipe, para a boa jogada de Luciano, que deixou Rodrigues no chão e contou com um desvio na finalização para balançar as redes de Vanderlei e virar o placar.

O camisa 10 do São Paulo, Daniel Alves, arriscou de fora da área, aos 35 minutos da etapa final, e acertou a trave do Grêmio. Na sequência, o meia teve outra oportunidade, mas finalizou para fora.

Após tomar a virada, o Grêmio vai para o ataque, fazendo alterações e tentando, principalmente com a bola aérea, empatar a partida. Com os nervos a flor da pele, discussões aconteceram e o clima esquentou. Tchê Tchê e Diego Souza bateram boca antes da cobrança de uma falta perigosa para o Grêmio, deixando a partida parada por alguns minutos.

No fim do jogo, aos 54 minutos do segundo tempo, Pinares, que já tinha cartão amarelo, recebeu o segundo cartão por reclamação, sendo expulso de jogo.

A pressão gremista, porém, não foi suficiente, fazendo com que o São Paulo conseguisse, enfim, sua primeira vitória no ano, seguindo forte na briga pelo G4 e com uma chance remota de até mesmo ser campeão, dependendo de uma combinação de resultados.

FIicha técncica

GRÊMIO 1 X 2 SÃO PAULO

Local: Arena do Grêmio, Porto Alegre (RS)

Data e Horário: 14 de fevereiro de 2021, às 20h30 (de Brasília)

Gols: Diego Souza 1-0 (32'1ºT), Tchê Tchê 1-1 (17'2ºT) e Luciano 1-2 (22'2ºT)

Cartões Amarelos: Diego Souza, Pinares (2), Alisson e Paulo Miranda (Grêmio); Daniel Alves, Tchê Tchê, Gonzalo Carneiro e Igor Vinícius (São Paulo)

Cartões Vermelhos: Pinares (Grêmio)

SÃO PAULO: Volpi; Igor Vinícius, Arboleda, Bruno Alves e Reinaldo; Luan, Daniel Alves, Tchê Tchê (Tréllez, aos 48'2ºT) e Vitor Bueno (Toró, no intervalo); Luciano (Hernanes aos 47'2ºT) e Gonzalo Carneiro (Galeano, aos 38'2ºT). Técnico: Marcos Vizolli.

GRÊMIO: Vanderlei, Victor Ferraz, Rodrigues, Paulo Miranda e Diogo Barbosa; Maicon, Matheus Henrique e Jean Pyerre; Alisson, Pepê e Diego Souza. Técnico: Renato Portaluppi.  (Lance!)