Personagens históricos promovem o Turismo em Vila Velha

A apresentação piloto ocorreu no último dia 23 de maio, no aniversário de Vila Velha.

Em 27/07/2021 Referência CCNEWS, Redação Multimídia

Foto: Adessandro Reis/PMVV

Os personagens foram desenvolvidos a partir de estudos de livros e ilustrações do acervo da Casa da Memória.

Uma das novidades turísticas de Vila Velha são os personagens históricos vivos, Frei Pedro Palácios e Vasco Fernandes Coutinho. A ideia foi desenvolvida dentro do projeto Receptivo Turístico, da Secretaria de Turismo, Esporte e Cultura, cujo objetivo é proporcionar aos turistas e moradores a memória dos tempos da colonização através da vivência.

A apresentação piloto ocorreu no último dia 23 de maio, aniversário de Vila Velha. Os servidores da subsecretaria de Turismo, Marcos Gaudêncio e Reginaldo Barros, interpretam os personagens e apresentam um pouco da história da colonização.

“É muito bom ver as pessoas surpresas, todo mundo pedindo para tirar foto, é bem legal. Os turistas ficam encantados com as roupas, e as crianças adoram”, relata Marcos Gaudêncio, que interpreta Vasco Fernandes Coutinho.

Os personagens foram desenvolvidos a partir de estudos de livros e ilustrações do acervo da Casa da Memória. Já as roupas características usadas pelos servidores foram confeccionadas em parceria com a Escola de Samba Independente de São Torquato.

Além dos dois, o projeto contará com mais seis personagens, entre eles Luisa Grinalda. Eles atuarão em projetos pedagógicos nas escolas do município, além de estarem presentes em visitas guiadas no Sítio Histórico da Prainha. 

Segundo a subsecretária de Turismo, Carla Rezende, “nosso objetivo é levar essas personagens para interagir com os professores e resgatar nossa história, relatando fatos sobre a nossa origem, essa diversidade na colonização”. 

Ações de receptividade vem sendo realizadas eventualmente, com passagem do “bustour” à Casa da Memória aos sábados e domingos. Em breve, o projeto se tornará permanente.

Saiba mais  

O frei Pedro Palácios é conhecido como primeiro eremita e franciscano do Brasil. Chegou à Vila do Espírito Santo em 1558. Em 1566, iniciou a construção de uma capela em cima do Morro da Penha, inaugurada em 30 de abril de 1570, data em que também foi comemorada a primeira Festa da Penha.

Frei Pedro Palácios morreu 12 anos após sua chegada, com fama de santidade. O Convento da Penha começou a ser construído ao lado do Santuário, no ano de 1651.

Vasco Coutinho, conhecido como o primeiro donatário da Capitania do Espírito Santo, desembarcou na região da atual Prainha no dia 23 de maio de 1535, onde foi fundado o primeiro povoado local.

Leia também:

ES tem a 4ª melhor alta no Índice de Atividades Turísticas
Ministério lança campanha para o Turismo de Natureza
Taxa de ocupação de hotéis em Vila Velha está só crescendo
Ministério lança radiografia do turismo náutico no Brasil
Serra realiza o 4º encontro virtual com o setor do Turismo
Aberta a temporada turística de inverno no Espírito Santo
"Capixaba Bustour" voltará a circular pelos pontos turísticos
Setur abre licitação para elaboração de banco de imagens do ES
Serra realiza 3º encontro virtual com profissionais do Turismo
Programa Bandeira Azul aprova Praia da Sereia em Vila Velha
Destinos de Alfredo Chaves receberão sinalização turística
Ministério do Turismo conclui 126 obras entre março e abril
Serra realizará 1º encontro virtual dos profissionais do Turismo
Itália é reconhecida como melhor destino turístico de 2021
Equipe da Setur realiza visita à Região Turística Caparaó
Serra realiza 1º encontro virtual do setor de turismo da cidade
Serra recomenda aos turistas evitarem a Trilha de Furnas
Serra lança Programa Fortalece Turismo em parceria com Sebrae
Plano permite volta de turistas à Europa e deixa Brasil de fora
Profissionais do Turismo podem se qualificar com cursos grátis

TAGS:
CAPARAÓ | VIAGENS | TURISMO | SAÚDE | EMPREGOS | CIDADE | ESPORTES | ECONOMIA